Posts filed under ‘.Macro Centro-sul’

PCdoB amplia apoio em Ponta Grossa

Pré-candidato a prefeito pela legenda deve contar com apoio do Partido Comunista Brasileiro (PCB) nas eleições de outubro

Direção Estadual do PCB com Direção Municipal do PCdoB de Ponta Grossa

A pré-candidatura a prefeito de Ponta Grossa pelo PCdoB (Partido Comunista do Brasil) deve contar com o apoio do PCB na Cidade. A confirmação foi feita pela direção regional a legenda. Amadeo Felipe Ferreira, secretário geral do PCB no Paraná, e Arno Giesen, secretário de organização do Partido no Estado, juntamente com outros dirigentes da legenda, estiveram na plenária do PCdoB de Ponta Grossa, na manhã do último dia 12 de fevereiro, quando foi indicado apoio à pré-candidatura a prefeito de Ponta Grossa pelo PcdoB. “Temos um compromisso histórico, em comum, com a luta por melhores condições de vida da grande maioria da população”, destacou Amadeo Felipe, um dos dirigentes da legenda também em nível nacional.

O PCdoB aprovou, em setembro de 2011, o nome do professor Sérgio Gadini, como pré-candidato a prefito de Ponta Grossa às eleições de outubro deste ano. “É um passo importante para fortalecer nossa proposta como uma candidatura, de fato, identificada com as lutas sociais”, diz o presidente municipal do PCdoB, Thiago Moro.

A partir de agora, a direção municipal do Partido deve ampliar contatos com representantes de outros grupos e movimentos sociais para fortalecer o projeto de uma candidatura própria, pautada em propostas concretas, em torno de políticas públicas e capaz de apresentar alternativas aos principais problemas de administração da Cidade.

“Ponta Grossa precisa avançar e isso só será possível a partir de uma análise séria e responsável dos problemas sociais registrados ao longo das últimas gestões na Cidade”, diz o professor Sérgio Gadini, pré-candidato pelo PCdoB à prefeitura de Ponta Grossa em 2012.
Com a confirmação do apoio do PCB, o PCdoB deve confirmar também o pré-lançamento de uma chapa completa para disputar as eleições proporcionais (vereadores) em outubro próximo em Ponta Grossa.

Anúncios

14/02/2012 at 08:59 Deixe um comentário

Transferir gestão não resolve problema da saúde em Ponta Grossa

PCdoB local alerta para risco de nova promessa, com tercerização em véspera de ano eleitoral

O Comitê Municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em Ponta Grossa vem, pelo presente, questionar o modo como a saúde pública está sendo administrada na Cidade, ao mesmo tempo em que alerta a população e os representantes da sociedade civil organizada para um novo risco de promessa com fins eleitorais.

Em primeiro lugar, é preciso reconhecer que a gestão da saúde, em todo Brasil, carece de recursos financeiros suficientes para atender todos os problemas da área. Mas, parte destes problemas decorrem fundamentalmente da forma de administração, tanto que municípios com a mesma média de recursos registram problemas com menor gravidade do que o encontrado em Ponta Grossa.

Nas últimas disputas eleitorais para administrar a Cidade de Ponta Grossa um dos temas mais discutidos foi a saúde pública. E, pior, ganhou força a promessa de que iriam “acabar com as filas”, resolvendo problemas que, há décadas, afetam diariamente a grande maioria da população. Não bastou a onda de promessas e discursos, propagados em 2004. Veio a disputa de 2008 e, novamente, o assunto pautou o processo, sempre em busca do voto do eleitor e contribuinte.

De lá para cá, pouco mudou, ao menos para justificar o que poderia caracterizar eventual forma de ‘propaganda enganosa’. A partir de meados deste ano, outra promessa ganhou força e está sendo ‘vendida’ como a grande solução para o caos da saúde no Município: uma outra maneira de ‘terceirização’ do serviço. A partir deste mês de novembro (2011), a Prefeitura de Ponta Grossa deixa sob responsabilidade da Fundação UEPG – uma entidade privada, ligada a alguns profissionais da Universidade – a administração do Hospital Municipal e do CAS central. Pelo convênio, aprovado pela própria Câmara de Vereadores, a FAUEPG administra, sub-contratando outra empresa para realizar o serviço (um empreendimento médico particular). Empresa, aliás, que já teria prestado o mesmo serviço na saúde pública local em outros tempos, sob gestão da mesma Prefeitura Municipal, sem grandes melhorias na qualidade do serviço público.
(mais…)

03/11/2011 at 10:38 Deixe um comentário

PCdoB se estrutura em Irati

“Queremos mobilizar a juventude, o movimento sindical e comunitário, para pensar em uma proposta participativa para o município” Barz

Irati – O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) vem estruturando sua legenda em Irati e pretende concorrer ao pleito nas próximas eleições. O coordenador regional, Elton Barz, comenta que a sigla tem uma ligação forte com os movimentos estudantis, como também apresenta uma boa militância na Universidade local.

“Nosso partido tem como característica se estruturar nos movimentos sociais e foi este o caminho da nossa formação aqui. Agora vamos nos preparar para disputar a eleição, lançando candidatos ao legislativo. Queremos mostrar as propostas e nossa maneira de fazer política”, declara.

Ele cita ainda que o presidente da legenda em Irati, Vinicius Justus tem um histórico no movimento juvenil. “O Vinicius participava da União da Juventude Socialista (UJS) em Guarapuava e desde então já era filiado a sigla”, conta.
Barz comenta ainda de outras lideranças que compõe o PCdoB na cidade, como Cristiano Molinari. “Ele era filiado ao PT, agora integra nosso partido e participa do movimento de fortalecimento da legenda aqui. Além do Cristiano, tivemos mais de 40 pessoas que mudaram do PT para o PCdoB”, informa.
(mais…)

01/11/2011 at 10:41 Deixe um comentário

Maria do Rocio Burko está filiada no PCdoB em Guarapuava

Anúncio foi feito à RSN pelo presidente do partido, Eloi Myszka

A ex-presidente do Provopar Municipal, Maria do Rocio do Burko trocou o PR pelo PCdoB. A sua filiação foi anunciada pelo presidente do partido em Guarapuava, Eloi Myszka à RSN. Além de Dona Rocio o PCdoB ganha 17 novas filiações e passa a ter um quadro de 50 filiados. “Não fazemos filiações em massa, pois exigimos que o postulante tenha uma certa militância social, sindical ou estudantil”, diz Myszka.

Uma vez concluídas as filiações visando o ano eleitoral de 2012 o próximo passo será uma programação de encontros que vão debater uma política para Guarapuava. “Vamos elaborar um plano de governo que contemplem propostas nas áreas de educação, saúde, infraestrutura, saneamento básico. Os bairros crescem sem que haja um planejamento. O trânsito de Guarapuava está caótico”, observa Myszka. “Vamos aproveitar a experiência que a dona Maria do Rocio tem na questão social e na saúde ( ex-provedora do Hospital São Vicente) para um debate profundo sobre esses temas”, afirmou.
(mais…)

17/10/2011 at 14:19 Deixe um comentário

PCdoB filia lideranças populares para disputar eleição 2012 em Ponta Grossa

Professor Gadini é um dos novos filiados do PCdoB

Direção pontagrossense  do PCdoB confirma chapa própria para disputa eleitoral do próximo ano na Cidade

O PCdoB de Ponta Grossa entra em nova fase da história na Cidade, a partir do próximo ano, com chapa própria na disputa eleitoral. “Em 2008 o Partido participou da eleição com duas candidaturas proporcionais (vereadores) e a candidatura a vice-prefeito em coligação com o PT. A partir daquele ano, a direção local indicou a meta, em sintonia com orientação nacional do Partido, de participar do próximo pleito municipal com chapa própria de vereadores e candidatura majoritária. A meta registra, com o encerramento do prazo de filiações, um importante passo, pois registramos importantes adesões para fortalecer o Partido e construir chapa própria”, explica o presidente do PCdoB em Ponta Grossa, Thiago Moro.

O PCdoB local filiou diversas lideranças que atuam em movimentos sociais da Cidade, como o professor Sérgio Gadini, do Curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa, lançado como pré-candidato a prefeito pelo Partido, na conferência ordinária realizada dia 15 de setembro último. Selma Cogo, candidata a vice-prefeita pelo PV em 2008, Antonio Aguinel, militante do movimento do transporte e meio ambiente, Teresinha Dalabona, da ONG Reviver, Debora Lee, líder da ONG Renascer, Joel de Oliveira, dirigente do Movimento Cidadão que discute o transporte público, João Eli Pereira, presidente do Sindicato da Fiação e Tecelagem de Ponta Grossa, o radialista Fabiano Blageski, Jorginho Vieira, líder de escola de samba e da Torcida Fúria Jovem do Operário, Yusra Ataya, Assistente Social e lutadora pelo direito das mulheres muçulmanas, entre diversas outras lideranças populares e comunitárias locais.

Outro setor envolvido pelas filiações do PCdoB foi a educação. Cerca de 10 profissionais do ensino ingressaram no Partido, entre professores da rede municipal, estadual, particular e universitário. Ingressaram também ao PCdoB neste período representantes de movimentos culturais, profissionais liberais e pequenos empresários que atuam em Ponta Grossa.

“A meta do PCdoB de Ponta Grossa é eleger seus primeiros vereadores na cidade e lançar chapa majoritária com objetivo de debater a cidade de Ponta Grossa, com propostas concretas e viáveis para melhorar a qualidade de vida da população”, conclui Thiago Moro.

10/10/2011 at 21:56 Deixe um comentário

Guarapuava: PCdoB corre atrás de novos filiados e mantém oposição a Carli

Faltando apenas três dias para expirar o prazo de filiações partidárias para quem deseja ser candidato nas eleições municipais de 2012, o PCdoB corre atrás de novos nomes e o alvo está sendo os descontentes com partidos de esquerda. Rozalino Ramos deixou o PT e os professores Mariluz (CEMPO) e Orlei de Jesus, diretor do Colégio Francisco Carneiro Martins deixaram o PHS. Ambos agora são filiados ao PCdoB.

De acordo com o presidente da agremiação em Guarapuava, o sindicalista Eloi Myska, o partido está empenhado em filiar o máximo de pessoas para ter uma chapa completa de vereadores. “É claro que buscamos esses nomes em partidos de esquerda e que estejam descontentes”, diz. Caso o PCdoB não consiga fechar a chapa completa a tendência é de buscar coligação na proporcional. “Majoritária ainda é cedo e o cenário está indefinido. A única coisa que sabemos é que somos oposição ao prefeito Fernando Carli”, diz Myska.

Essa postura oposicionista a Carli já vem desde as eleições municipais de 2004 quando o PCdoB apoiou o então candidato Cezar Silvestri. “Sabíamos que o retorno do Carli deveria ser evitado e que se ele fosse eleito ficaria durante oito anos numa política anti-democrática. E foi isso que aconteceu”, diz Myska. Em 2008 o PCdoB se manteve alheio à majoritária e apostou numa coligação com o PT e com o PHS na proporcional. “Tivemos uma coligação vencedora, pois elegemos dois vereadores (Eva Schran e Antenor Gomes de Lima). Por apenas 40 votos deixamos de eleger a dona Maria Magdalena Nerone”, observa.

Embora ache prematuro falar em política de alianças para a majoritária, a tendência do PCdoB é compor um nome com condições de competitividade. “Temos que apoiar alguém com viabilidade de eleição. Por isso, estamos conversando com o PPS, com o próprio PT porque pensamos numa dobradinha entre o Antenor e o Antonio Araújo (PSC), mas parece que isso não será possível”, diz.

Enquanto o momento ainda é de conversas e de ajustes, o PCdoB tem uma única certeza: contribuir para impedir que o grupo situacionista tenha continuidade no comando do município. “Precisamos juntar forças porque, apesar da rejeição atual, o prefeito Fernando Carli ainda tem votos”, alerta.

Fonte: Blog da Cristina Esteche

04/10/2011 at 15:40 Deixe um comentário

Gadini: PCdoB apresentará propostas concretas e viáveis

Não há como pensar a cidade hoje sem o conceito de políticas públicas. Nesses diversos anos em que eu acompanhava os movimentos sociais, no momento da disputa eleitoral setores da população ficam de fora. Não são diretamente envolvidos

Entrevista com o pré-candidato a prefeito pelo PCdoB de Ponta Grossa, Sérgio Luiz Gadini, publicada no Jornal da Manhã deste domingo, 02 de outubro de 2011.

O professor Sérgio Luiz Gadini é pré-candidato do PCdoB a prefeito de Ponta Grossa e quer discutir durante o processo eleitoral ações que resolvam as demandas do Município

Na série de entrevistas do Jornal da Manhã com ‘prefeituráveis’ ouvimos hoje o professor e integrante de movimentos sociais Sérgio Luiz Gadini, que é o pré-candidato do PCdoB à Prefeitura de Ponta Grossa. Ele destaca que a proposta do partido é discutir a cidade e as políticas públicas que ela necessita durante o processo eleitoral, com a apresentação de ações concretas e viáveis para serem implantadas.

Confira os principais trechos da entrevista:

JORNAL DA MANHÃ: O que levou o senhor a lançar a pré-candidatura a prefeito de Ponta Grossa pelo PCdoB?

SÉRGIO GADINI: Ao longo dos últimos anos eu participo de movimentos sociais em Ponta Grossa, me envolvi por opção, por um modo de entender a cidade mesmo, em um conceito de cidadania, e acredito que é fundamental a gente se envolver no debate sobre políticas públicas, nas mais diversas áreas, seja em cultura, seja em saúde, seja no transporte, seja na estratégia para melhoria do saneamento básico. Não há como pensar a cidade hoje sem o conceito de políticas públicas. Nesses diversos anos em que eu acompanhei os movimentos sociais, no momento da disputa eleitoral setores da população ficam de fora. Não são diretamente envolvidos. Nas últimas eleições eu me vi de certo modo desafiado a elaborar uma carta em defesa da cultura com alguns compromissos para que todos os candidatos assinassem. E aí nesse momento nós estamos cobrando. Mas a partir de agora, entendemos que é possível intervir mais diretamente nesse debate, e daí surgiu a nossa pré-candidatura. A cidade tem condição de melhorar em vários aspectos e aí, depois de uma avaliação entre alguns partidos, eu optei pelo PCdoB, que é um partido nacional que tem uma posição ideológica bem definida, que tem um projeto socialista para o Brasil. Trata-se de um partido que tem condição de dialogar com diversos setores da sociedade.

JM: A proposta é de dar voz a esses movimentos sociais?

Gadini: A proposta do PCdoB é entrar nesse debate e dizer que é possível uma outra cidade. Uma cidade mais participativa, uma outra cidade mais democrática, uma outra cidade de fato que observe e foque os problemas que nós temos. Não dá para pensar apenas em ações que supostamente resolveriam os problemas, como infelizmente as últimas eleições em Ponta Grossa foram marcadas, mas discutir e fazer um debate público de modo muito honesto. E dentro dessa proposta do PCdoB, naturalmente, quem são nossos aliados são os movimentos sociais e as entidades. Nós vamos procurar todos esses setores para convidae a entrar nesse debate. Essa é a nossa proposta.
(mais…)

03/10/2011 at 13:38 Deixe um comentário

Posts antigos


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 324,087 visitantes.