Posts filed under ‘Comunitário’

Presidente da FAMOPAR filia-se ao PCdoB em Londrina

O PCdoB de Londrina recebeu no processo da Conferência um reforço de peso. É  a filiação do presidente da Federação das Associações de Moradores do Paraná (FAMOPAR), Joel Tadeu. Eleito dirigente municipal em Londrina, Tadeu participa como delegado da Conferência Estadual, que se realiza neste domingo (dia 11), em Curitiba.

Militante do movimento comunitário desde 1978,  além de dirigir a FAMOPAR, que representa cerca de 5 mil associações de moradores em todo o estado, Joel Tadeu é conselheiro da Confederação Nacional de Associações de Moradores (CONAM) e representante da população nos conselhos de Saúde de Londrina e do Paraná, além do Conselho Estadual das Cidades.

“Minha militância é voltada para garantir os direitos da população a saúde, educação, ambiente, segurança. E o único caminho é organizar a comunidade para lutar por estas bandeiras”, declarou. Em Londrina, ele fundou e presidiu a União Municipal das Associações de Moradores (UNIMOL), que representa 125 entidades na cidade.

Economista e especialista em Marketing, Joel Tadeu foi bancário durante 23 anos e militou no Partido dos Trabalhadores (PT) por 12 anos. Escolheu vir para o PCdoB, em virtude do compromisso do partido com causas populares. “Venho para o meio dos comunistas fortalecer esta bandeira. Tenho compromisso de ampliar a participação do partido nos movimentos sociais, em especial, no comunitário”, defendeu.

O presidente do PCdoB em Londrina, José Otávio recebeu com grande satisfação a filiação de Joel Tadeu. “É uma grande vitória a vinda do Tadeu para o partido. Nossa tática de aprofundar nos movimentos sociais se amplia com a participação dele. Sem dúvida, vai proporcionar um salto de qualidade na nossa intervenção política na cidade”, afirmou. “Reconhecemos a importância dele, tanto que elegemos para participar da direção municipal em Londrina”, declarou.

Anúncios

10/11/2007 at 00:02 1 comentário

Carlos Maia toma posse na Associação dos Moradores do Bairro da Boa Vista

Carlos MaiaTomou Posse no último sábado, dia 11 de agosto, a nova Diretoria da Associação de Moradores do Bairro Boa Vista. Com a participação de diversas lideranças políticas e personalidades do Bairro, o Ato de diplomação foi realizado pela FEMOCLAM (Federação das Associações de Moradores de Curitiba).

A nova diretoria,  obteve 56% de votos na eleição do dia 2, derrotando outras 2 chapas, que contavam com apoio de diversos vereadores e prefeito da capital Curitiba (PSDB-PFL).

Carlos Maia, coordenador da CONAM (Confederação Nacional das Associações de Moradores), eleito Presidente, ressaltou: “ Foi uma vitória do  importante para as associações de moradores, entendemos que se inicia um novo momento para o movimento comunitário. Nossa luta se dará com independência do poder público, autonomia, democracia e principalmente participação popular. Uma das prioridades,  será a conclusâo das obras da sede da Associação, que em outubro próximo, completará 42 anos, sendo a Associação de Moradores mais antiga do Paraná.”

17/08/2007 at 16:29 2 comentários

Carlos Maia toma posse na Associação de Moradores do Boa Vista

Carlos MaiaO militante do PCdoB e membro da Direção Estadual do Paraná, Carlos Maia e seus pares de diretoria, tomam posse neste sábado em Curitiba da Associação dos Moradores do Boa Vista que foi fundada em 1965.

A diplomação da nova diretoria acontecerá com um Ato Político na sede da Associação que se localiza na Rua Carlota Straube Araújo, esquina com João Shedler Sobrinho, às 15 horas.

No domingo acontece a Festa da Posse, com música ao vivo com bandas do bairro, linguiçada e muita confraternização entre os moradores. A festa ocorrerá no Campo do Olimaza, Rua Estados Unidos, 2851.

Estão todos convidados para ambos os eventos.

09/08/2007 at 08:03 4 comentários

Movimentos sociais apóiam lei que assegura investimentos para habitação popular no Paraná

Conam na mesaAs quatro entidades que integram o Fórum e o Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social – Conam (Confederação Nacional das Associações de Moradores), CMP (Central de Movimentos Populares), UNMP (União Nacional por Moradia Popular) e MNLM (Movimento Nacional de Luta pela Moradia) – destacaram nesta terça-feira (24) a importância da criação de uma lei específica que assegura investimentos para habitação popular no Paraná.

“Na luta pela moradia, esse é um momento muito importante e um instrumento que precisa de muito trabalho ainda, mas que se torna um passo significativo em direção à democratização da moradia no Paraná e no Brasil”, disse a presidente da UNMP, Maria das Graças, sobre o projeto de lei do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PMDB), aprovado em segunda discussão na Assembléia Legislativa.

Gestão democrática – A presidente da UNMP também destaca que é preciso, a partir de agora, definir as prioridades onde o problema é maior. “O novo sistema deve garantir vida nova principalmente para quem não possui nenhuma perspectiva de conseguir a casa própria, como quem vive em situação de risco e famílias de baixa renda, ou seja, pessoas que atualmente não estão sendo contempladas pelas atuais políticas habitacionais”.

Carlos Maia, presidente da Conan, afirma que o Governo Requião consegue, através da aprovação da lei, manter um diálogo aberto com os movimentos sociais, o que era praticamente impossível em governos anteriores. “O deputado Romanelli ouviu nossas reivindicações, alterou o projeto para poder ampliar a atuação dos movimentos sociais no novo sistema de habitação. Através dos instrumentos criados, a gestão do fundo se tornou mais democrático porque prevê a participação de todas as esferas da sociedade”.

Luta de 40 anos – Na opinião de Luiz Herlain, presidente da CMP, a iniciativa é de grande importância “pois garante recursos do governo federal para habitação, concretizando uma luta de mais de 40 anos dos movimentos populares”.

“O novo sistema também garante a criação do Conselho Gestor do fundo, que contará com a participação efetiva dos movimentos populares, mostrando que política não se faz sem a participação popular”.

A presidente do MNLM, Hilma de Lurdes, disse que a lei pode garantir meios para construir casas dignas para as famílias com renda até três salários mínimos como primeira prioridade e até cinco salários mínimos “nas seqüências da lutas”. “O déficit habitacional está ligado aos vazios urbanos subutilizados que desequilibra o acesso à moradia e impede a construção de uma sociedade mais justa e sem violência”.

Sociedade cidadã – Hilda de Lurdes destaca ainda que o projeto aprovado pela Assembléia Legislativa ajuda a construir “espaços solidários” na sociedade. “As conquistas do povo precisam ser respaldadas numa nova sociedade cidadã que dialoga e constrói junto um mundo possível e melhor”.

A discussão junto aos movimentos populares, segundo Romanelli, deixou o projeto muito mais democrático e justo. “Sempre será fundamental a participação dos movimentos organizados quando se está discutindo a criação de uma lei de tamanha importância para todos, principalmente aos que passam por muitas dificuldades para conseguir ter um lugar digno para morar, o que infelizmente para muitos paranaenses pode levar uma vida inteira de trabalho”.

27/04/2007 at 21:19 Deixe um comentário

Reunião Preparatória p/ 3ª Conferência das Cidades

 Conferencia das Cidades

Acontecerá no dia 25/04 (quarta-feira), das 9 às 18 horas a Reunião preparatória para a 3ª Conferência das Cidades.

A minuta do Regimento Estadual da Conferência já está disponível no sítio: www.conferenciadascidades.pr.gov.br

As conferências ocorrerão em três etapas: etapa municipal e regional de 01 de maio a 29 de julho; estadual prevista para a última semana de setembro e a nacional, que será realizada em Brasília, nos dias 25 a 29 de novembro.

IMPORTANTE:

Sobre a indicação de um (1) representante de cada instituição, para a primeira reunião a ser realizada no próximo dia 25 no Auditório da SEDU, sito à Rua Dep. Mário de Barros, nº 1290, 2º andar, no Ed. Caetano Munhoz da Rocha, Centro Cívico, Curitiba PR, oportunidade em que também deverá ser entregue ofício de indicação deste representante onde conste nome completo, RG, endereço, telefone e e-mail.

Informou: Carlos Maia – CONAM

24/04/2007 at 00:05 Deixe um comentário

Seminário de informação e divulgação do SNH teve grande sucesso

Por Carlos Maia – CONAM

CONAMO Seminário de informação e divulgação do Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social, realizado pelas quatro entidades nacionais, CONAM-Confederação Nacional das Associações de Moradores, MNLM-Movimento Nacional de Luta por Moradia, CMP- Central de Movimentos Populares e União Nacional por Moradia Popular, entidades que compõem o Fórum Nacional Pela Reforma Urbana aconteceu na última quarta-feira, dia 4 de abril. O Seminário, que contou com o apoio logístico da Caixa, teve a participação de aproximadamente 170 pessoas, o evento contou com a participação de diversas lideranças sociais, comunitárias e políticas.

Na parte da manhã, no debate produzido pelo presidente da Cohab, pelo representante da Cohapar, e pelo diretor da Caixa , conduzido por Carlos Maia (CONAM) e secretariado por Maria das Graças (União), foram apresentados os diversos programas das instituições públicas, logo após estendendo-se o debate ao plenário.

o seminário contou a presença de representantes da FAMOPAR, FEMOTIBA E FEMOCLAM – entidades que representam as associações de moradores de Curitiba-Paraná , filiadas a CONAM.

Durante o dia, o evento contou com a participação de vereadores do PT e representantes do vereador do PCdoB, Luizão Stellfeld e demais convidados, entre técnicos e instituições que discutem a Habitação. Na ocasião, o deputado estadual Romanelli, detalhou seu projeto de lei que cria o Sistema Estadual de Habitação de Interesse Social, projeto esse que esta sendo avaliado e construído com a participação dos movimentos socias.
Nos trabalhos ,que seguiram durante a tarde, foram separados 4 grupos, onde os técnicos da Caixa, Cohab, Choapar explicitaram aos participantes, quais e o que significavam seus diversos programas (Crédito Solidário, Par, SFH, Portaria 460 do FGTS, Fundos e investimens).

No encerramento do Seminário, os representantes das 4 entidades, expuseram ao plenário a proposta de cada movimento e se posicionaram sobre a ”CPI das invasões” instalada na Câmara Municipal de Curitiba, cuja única intenção, lembrou Carlos Maia (CONAM) e Luíz Herlain (CMP)é desgastar e criminalizar os movimentos que lutam por moradia na cidade. Já no final do evento, foi aprovado e lançado um documento pelos 4 movimentos:

POR MAIS HABITAÇÃO DE INTERESSE DO POVO QUE PRECISA DE CASA
Diagnóstico Popular – Aprovada no Seminário de 4/04/2007

Os Movimentos Populares nos últimos vinte anos de lutas mostra que as conquistas ainda são insuficientes para melhorar o acesso a terra urbanizada e diminuir o déficit habitacional que ainda exclui milhares de famílias no Brasil, nas cidades do interior e na capital do Paraná.
As lutas permanentes precisam continuar construindo forças políticas populares em mutirões pela distribuição da renda Nacional com busca de meios para acessar a terra e construir casas dignas para todas as famílias com renda até trez salários mínimos como primeira prioridade e até cinco salários mínimos nas seqüências das lutas.
O déficit Habitacional esta ligado ao imobiliário instalado de oferta de vazios urbanos subutilizados, que desequilibra o acesso à procura no Mercado Capitalista que impede a Lei Maior da função social do uso da terra e da propriedade para uma sociedade mais justa e sem violencia.
O Sistema Nacional de Habitação recém criado pela luta política dos povos mais pobres das favelas, ocupações, curtiços Inclui um Sistema de Habitação de Interesse Social, dotado de um fundo próprio, com Conselho Gestor com 50% da sociedade e 50% dos Governos, exigindo que estados e municípios sigam a lei maior Constitucional para conceber uma política habitacional Republicana com Controle Social com participação direta da sociedade.

PARA AVANÇAR A LUTA PELA REFORMA URBANA POPULAR A SOCIEDADE DEVE SE ORGANIZAR PARA CONSTRUIR E FISCALIZAR.
Conhecer os meios de gerenciar as finanças públicas, construir coletivos fortes de interesses sociais e ser protagonista de suas próprias histórias, esse são os nossos desafios.
Os espaços solidários, conquistas do povo precisam ser utilizados com a inteligência do saber popular acoplado aos técnicos preparados e parceiros de uma nova sociedade cidadã que dialoga e constrói junto um mundo possível e melhor.
Humanos de todas as raças, em todas as condições sociais com as mãos movidas por forças organizadas em políticas locais e nacionais tanto na sociedade como nas instituições públicas governamentais podem com muito respeito serem: água, areia, pedra, cimento e ferro e concretizar o sonho da casa própria.
A política deve servir para edificar e nunca para denegrir, eleitos precisam honrar os votos que receberam e respeitar o povo.

08/04/2007 at 02:53 Deixe um comentário

Seminário de Habitação em Curitiba

CONAM – Confederação Nacional das Associações de Moradores
CMP – Central de Movimentos Populares
UNMP – União Nacional por Moradia Popular
MNLM – Movimento Nacional de Luta pela Moradia

SEMINÁRIO DE INFORMAÇÃO E DIVULGAÇÃO DO SNH
SISTEMA NACIONAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL

PROJETO DE INFORMAÇÃO E DIVULGAÇÃO

A Confederação Nacional de Associação de Moradores – CONAM; a União Nacional por Moradia Popular – UNMP; o Movimento Nacional de Luta pela Moradia – MNLM; a Central de Movimentos Populares e a Caixa Econômica Federal protagonistas com a sociedade civil organizada do Brasil e os governos, na criação e formulação jurídica do Sistema Nacional de Habitação com assento no Conselho Nacional das Cidades e no Conselho Gestor do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social, todos integrantes do Comitê Técnico de Habitação e da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, promovem um Seminário de Informação e Divulgação em Curitiba –PR. Com a participação de lideranças sociais e técnicos com objetivo de melhor desenvolver as relações com os poderes públicos Municipais e Estaduais.
Uma política de Habitação de Interesse Social carece de desenvolvimento, de construção de novas relações humanas e Institucionais na sociedade que supere todas as dúvidas, preconceitos e desconhecimentos.
As Entidades Nacionais com sede no Paraná e em Curitiba, tem dificuldades de, nos meios de comunicação, verem divulgadas as conquistas dos movimentos sociais. As possibilidades desenvolvidas a partir das Conferências das Cidades e as Políticas Públicas de Habitação, agora precisam ser melhor desenvolvidas e estabelecidas nos Municípios e nos Estados.
Um encontro de um dia em um seminário construido com as entidades nacionais, o Governo Federal e a participação direta das COHABs (Curitiba e Londrina) e a COHAPAR com esclarecimentos das parcerias possíveis , certamente contribuirão muito para os futuros projetos, aumentando as possibilidades das famílias que mais precisam ser alcançadas pelo Sistema Nacional de Habitação.
Um primeiro momento de informação geral,e apresentação das entidades, um segundo momento de esclarecimentos das esferas de poderes da República, um terceiro momento de troca de experiências de interesse de todos os presentes e por fim uma peça de teatro popular com o título “Questão de Ordem”.
Cada entidade deverá inscrever 50 dirigentes militantes, representações dos governos e entidades convidadas formarão cerca de 50 pessoas, todos juntos devem somar no máximo 250 participantes.
O resultado projetado é um material didático permanente que possa orientar os participantes a desenvolverem sua unidade no movimento, buscando sua a capacitação e qualificação , para melhor intervirem em suas lutas, e preparando-se para Terceira Conferência das Cidades, prevista para este ano.

PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO

04 DE ABRIL DE 2007
TEATRO SESC DA ESQUINA – CURITIBA

METODOLOGIA DO DIA DO SEMINÁRIO:

08:00hs – Café da manhã recepção e credenciamento
09:00hs – Mesa de abertura:
Painel com representantes das quatro entidades nacionais: CONAM – CMP – UNMP – MNLM.

10:00hs – Mesa redonda com :
Entidades Nacionais: COHAB – COHAPAR e Governo Federal.

11:00hs – Esclarecimentos e propostas.
12:30hs – Almoço no local.
13:30hs – Encaminhamentos dos grupos da tarde

Grupo I – Crédito Solidário novo formato.
Grupo II – PAR , SFH E ALTERNATIVOS.
Grupo III – Portaria 460 do FGTS
Grupo IV – Fundos e Financiamentos.
15:00hs – Café da tarde
15:30hs – Troca de experiências em plenário.
16:30hs – Peça de teatro popular “QUESTÃO DE ORDEM”
17:30hs – Caminhada até a boca maldita com divulgação da “Carta por mais Habitação de Interesse Social”
18:30hs – Encerramento na Rua.

03/04/2007 at 23:55 Deixe um comentário


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 324,627 visitantes.