Posts filed under ‘Mulheres’

PCdoB divulga nota sobre o 8 de Março

pcdob

No transcurso do 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, o presidente nacional do Partido, Renato Rabelo, e a secretária nacional da mulher, Liège Rocha, divulgaram nota com a opinião dos comunistas sobre a data. Leia a íntegra.

O PCdoB, no 8 de março – Dia Internacional das Mulheres, saúda as brasileiras ao mesmo tempo que manifesta seu apoio às comemorações desta data, sempre marcada pela luta das mulheres, do Brasil e do mundo inteiro, por sua emancipação.

Esta data tem um significado especial na trajetória das brasileiras que querem avançar na construção de um mundo de igualdade.

O PCdoB acredita que o protagonismo das mulheres é fator decisivo para impulsionar o projeto nacional de desenvolvimento que o país almeja e contribuir para se avançar na conquista da equidade e que a verdadeira democracia será conquistada quando a sub-representação das mulheres for superada. Para isto é necessário criar condições para que a mulher se realize enquanto sujeito emancipado.

As(os) comunistas irão às ruas neste 8 de março pela valorização do trabalho, por creches, pela real implementação da Lei Maria da Penha, em defesa do SUS, no reconhecimento do aborto como questão de saúde pública e da sua legalização, em defesa da democratização da mídia e da reforma política, perseguindo sempre a efetivação das políticas sociais. As mulheres querem avançar acumulando forças para a conquista da sociedade socialista.

O PCdoB reconhece que a injusta discriminação das mulheres precisa ser superada e por isso valoriza o processo democrático como fundamental à caminhada emancipadora das mulheres.

Queremos Mais Política Mais Poder com a participação das Mulheres!

Viva o Dia Internacional da Mulher!

Viva a Luta das Mulheres!”

08/03/2013 at 08:43 Deixe um comentário

Mais poder político para as mulheres!

8 de março

UBM no 8 de março de 2013

O Brasil do início do século XXI mostra avanços na vida das brasileiras, em especial das negras, pobres e chefes de família. No entanto, as exigências para nosso país, de importância político-estratégica mundial, se tornam ainda maiores, quando mais da metade da sua população ainda é a parcela a ser mais beneficiada por políticas públicas efetivas que tanto atendam às especificidades femininas, como se articulem com o conjunto de reformas estruturais necessárias a um novo projeto nacional de desenvolvimento.

As mulheres brasileiras, hoje, se voltam para um debate sobre a necessidade de implementar políticas de Estado capazes de contribuir para o enfrentamento de todas as formas de violência; para a promoção da igualdade salarial entre homens e mulheres; para a garantia dos direitos sexuais e direitos reprodutivos; para o combate a todas as formas de racismo, homofobia e intolerância religiosa; para a prevenção, denúncia e punição de crimes de tráfico de mulheres e escravidão sexual; para a promoção da imagem da mulher real pelos mais diferentes meios de comunicação de massa.

Para que tais bandeiras estejam asseguradas, não há outro caminho: as mulheres precisam estar no centro da ação política, não para substituir os homens, mas para assumir, também, a esfera pública como espaço de atuação, elaboração e visibilidade políticas. Aprofundar o poder político das mulheres nas mais diversas esferas de decisão é assegurar nossa participação no espaço público, em condições de intervir nas grandes questões sociais, políticas, ambientais, econômicas e culturais, atingindo, diretamente, a vida das mulheres e do povo.

Neste 8 de março, reafirmamos nosso compromisso com as gerações de mulheres brasileiras em sua diversidade de raça, cor, orientação sexual, condição física e escolha religiosa. Donas de nossas vidas, de nosso corpo, de nossas escolhas, estamos mais vivas, vigilantes e combativas do que nunca. Organizadas e atuando politicamente, ao lado das forças populares, avançadas e democráticas, devemos garantir:

(mais…)

08/03/2013 at 08:35 Deixe um comentário

UBM repudia a indicação de Marco Feliciano para presidir CDHM

logo_ubmA União Brasileira de Mulheres (UBM) manifesta sua profunda preocupação diante da possibilidade da eleição do Pastor Marco Feliciano para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM).

As manifestações públicas do deputado contra os direitos arduamente conquistados pelos movimentos sociais de mulheres, negros, homossexuais, dentre outros, recebem o repúdio destes movimentos, por caracterizarem-se como totalmente destoantes dos princípios e eixos dos Direitos Humanos, ou seja, de direitos inalienáveis, como a luta contra o preconceito, contra o racismo, contra a homofobia e a misoginia.

É preciso que esta Comissão eleja representantes abertos ao diálogo com a sociedade civil organizada, que represente os valores dos Direitos Humanos.
(mais…)

07/03/2013 at 09:39 Deixe um comentário

8 De março: Mulheres do Paraná pedem fim da violência

ubm mulherNeste 8 de março, centenas de mulheres estarão nas ruas de Curitiba participando da marcha “Basta de Violência! As mulheres trabalhadoras exigem políticas públicas”.

Segundo as organizadoras, a tradicional caminhada, que marca a luta do ‘Dia Internacional da Mulher’, reunirá este ano mais de 40 entidades. A concentração será às 15h30 na Boca Maldita.

De lá, as mulheres marcham até a Praça Garibaldi (no Largo da Ordem), onde serão realizados atos temáticos de denúncia contra a violência sofrida diariamente pelas mulheres.

Ao final do trajeto, as manifestantes entregarão um documento para a Secretaria Municipal Extraordinária da Mulher com reivindicações dos movimentos feministas, sociais e sindicais.

PROGRAMAÇÃO DAS ATIVIDADES DO 8 DE MARÇO DE 2013
(mais…)

07/03/2013 at 09:36 Deixe um comentário

“Estamos avançando, inclusive com o aumento de ministérios ocupados por mulheres, mas ainda é pouco”

Essa é a opinião de Elza Campos, coordenadora Nacional da União Brasileira de Mulheres (UBM), no que se refere à participação feminina no governo de Dilma Rousseff.

Para a assistente Social, professora e membro do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, a nomeação das 09 ministras representa um avanço para a luta feminista, no entanto, ainda é pouco. “Além da política, a situação das mulheres brasileiras, em muitos campos, ainda é de uma absoluta desigualdade com relação aos homens”, destaca a dirigente feminista.

Em entrevista ao portal CTB, Elza fala sobre a eleição da primeira presidenta do Brasil, os preparativos para o 8º Congresso Nacional da Entidade e os desafios vindouros, na busca pela igualdade de direitos no poder e na sociedade.

Confira abaixo entrevista na íntegra:
(mais…)

17/02/2011 at 07:32 Deixe um comentário

UBM-PR cobra avanço nas investigações do caso da menina Rachel

Após dois anos, as investigações têm ajudado a solucionar outros casos de pedofilia, porém o assassino de Rachel ainda está livre

Nesta quarta-feira, 03 de novembro, registra-se dois anos do assassinato brutal da menina Rachel Lobo Genofre, de 9 anos. Em 2008, o corpo dela foi encontrado dentro de uma mala, na rodoviária de Curitiba. Em rememoração à data, a União Brasileira de Mulheres – seção Paraná (UBM-PR) realizará no próximo sábado, dia 06 de novembro, às 10 horas, o ato público “Pelo fim da violência contra mulheres e meninas: Por mim, por nós e pelas outras”. Em Curitiba, a manifestação acontecerá na Boca Maldita seguida de caminhada até a Praça Rui Barbosa, local do encerramento do ato.

Mais uma vez a UBM e o Fórum Popular de Mulheres, em conjunto com entidades do movimento social, movimento feminista e de mulheres de Curitiba realizam manifestação pública em defesa de mulheres e meninas vítimas de violência. Esta articulação exigirá a busca e punição do assassino e o comprometimento das autoridades em casos semelhantes. “Exigimos das autoridades a ampliação das políticas públicas para por fim à violência contra as mulheres e meninas. Essa é uma luta histórica das mulheres. Sabemos que quando as mulheres acessam as políticas públicas, quando têm coragem de denunciar a agressão muitas vezes não encontram respostas do serviço público. É urgente que essas políticas aconteçam e que sejam, de fato, comprometidas com o direito das mulheres”, denuncia a coordenadora nacional da UBM, Elza Campos.
(mais…)

03/11/2010 at 07:13 Deixe um comentário

Feijoada da UBM

Caras/os companheiras/os,

A UNIÃO BRASILEIRA DE MULHERES – Paraná, realiza no dia 31 de julho um encontro que você não pode faltar. Além de uma boa música teremos uma feijoada especial –  da Tradicional à Verde.

Esta atividade tem como objetivo encontrar amigas/os de tanta identidade política e pessoal e angariar recursos para a UBM – Paraná para dar continuidade às suas lutas!

Venha participar, reserve seu convite com Miriam Zampiri no fone:  3338-4827 e 8428-8889 ou Matsuko – 8893-7800.

Quando? Dia: 31 de julho de 2010 – (sábado)

Horário? A partir das 13 horas.

Local? Rua Mateus Leme, 324 – Curitiba – PR

Adesão: R$ 20,00 – (Não inclui a bebida, tendo em vista que é uma atividade de apoio e para angariar recursos para pagamento de parte de aulas das professoras do Curso da UBM  – “Mulher Mais Política Mais Poder”).

Contamos com você!

Abraço fraterno,

Elza Campos – UBM

26/07/2010 at 11:48 Deixe um comentário

Posts antigos


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Mais fotos

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 323,279 visitantes.