Posts filed under ‘Índigena’

Mais de 200 índios fazem vestibular no Paraná

Neste domingo (16) e amanhã (17), 217 indígenas disputam 49 vagas nas universidades públicas do Paraná. As provas do 7º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná estão sendo feitas no Centro de Desenvolvimento Tecnológico da Universidade Estadual do Centro-Oeste, em Guarapuava, no interior do estado.

Esse sistema de reserva de vagas existe no Paraná desde 2002. Inicialmente, cada universidade pública destinava três vagas para estudantes indígenas. No ano passado, uma lei estadual ampliou para seis o número de vagas em cada instituição.

Todo o trabalho direcionado ao vestibular é planejado e executado por membros da Comissão Universidade para os Índios (Cuia), composta por representantes das sete universidades estaduais públicas e da Universidade Federal do Paraná.

De acordo com o edital, seis vagas são oferecidas nos cursos de graduação em cada universidade pública estadual do Paraná. Outras sete vagas destinam-se aos cursos técnicos de nível pós-médio e de graduação da Universidade Federal do Paraná, essas últimas destinadas a estudantes indígenas de todo o país.

O resultado do vestibular será divulgado em 21 de dezembro. Segundo a presidente da Cuia, professora Déa Maria Ferreira Silveira, a escolha do curso acontece após o ingresso na universidade, quando os indígenas recebem orientação sobre a rotina e o funcionamento das instituições de ensino.

Os indígenas aprovados, segundo Déa, inicialmente freqüentam as aulas acompanhados por um tutor. Um aluno da própria universidade recebe uma bolsa auxílio e fica com a responsabilidade de esclarecer o que é cada curso e detalhes da profissão. Durante todo o período de estudos, eles recebem uma bolsa de R$ 350 da Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

“A cada ano estamos aperfeiçoando o processo de inclusão dos estudantes indígenas nas instituições governamentais e intensificando o trabalho de acompanhamento didático-pedagógico visando a permanência e a integração desses estudantes nos cursos”, afirma a presidente da Cuia. Segundo a professora, o índice de desistência ainda é grande porque sente muitos índios sentem saudades da aldeia e voltam para as reservas.

De acordo com o Ministério da Educação, o sistema de cotas é adotado em São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rio Grande do Sul, Amazonas, Bahia, Curitiba, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás e Distrito Federal.

Agência Brasil

16/12/2007 at 15:39 1 comentário

Paulo Porto se reúne hoje com o deputado Péricles de Mello

Assessor de Cascavel irá compor frentes da Alep

O assessor de Assuntos Comunitários de Cascavel, Paulo Porto (PCdoB), foi convidado para compor duas frentes parlamentares a serem instauradas na Alep (Assembléia Legislativa do Paraná). Hoje o assessor estará em Curitiba reunido com autoridades que também farão parte da primeira frente a ser criada, a da Economia Solidária.
Já a segunda, que será criada no fim do ano, é a Frente Parlamentar dos Povos Tradicionais do Paraná. O convite para ingressar as duas comissões partiu do presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa, deputado Péricles de Mello (PT).
A Frente Parlamentar dos Povos Tradicionais discutirá objetivos e metas de políticas públicas do governo estadual a comunidades como os quilombolas, guaranis, caingangues, colonos, poloneses e ucranianos. “Devido ao meu trabalho como indigenista e à frente da Assessoria, o deputado Péricles me fez esteve convite”, disse Porto.
Paulo Porto afirma que áaproveitar a criação da frente parlamentar para viabilizar a construção da Casa de Passagem Indígena em Cascavel. “A construção da casa minimizará um grande problema social, que é a perambulação desses povos pela cidade”, falou.
O assessor destacou que um dos principais pontos que colocará em discussão na frente parlamentar é a criação de políticas sociais por parte do governo do Estado para a auto-sustentabilidade econômica das comunidades indígenas. “É preciso criar políticas para controlar alguns problemas como alcoolismo, a falta de maquinário, de semente, entre outras coisas. Muitos povos vêm a Cascavel devido à falta dessa política”.
Outra discussão que assessor de Assuntos Comunitários pretende levar à frente parlamentar é o levantamento fundiário das áreas indígenas. “Existem povos que ainda não têm área demarcada, como o caso dos Xetas, comunidade que foi dizimada e só restam cerca de 20 indígenas”, exemplificou.
Além disso, Porto ressalta a necessidade do governo criar políticas mais claras para a formação de professores indígenas no Paraná. “Falta uma formação pedagógica a esses povos. No Paraná são cerca de 18 escolas em áreas indígenas, mas não há professores com formação específica”, completou.

Jornal Hoje – Cascavel

31/10/2007 at 07:56 Deixe um comentário

Único vereador indígena do Paraná filia-se ao PCdoB

O vereador indígena Kaingang Neoli Olíbio do Município de Nova Laranjeiras, região oeste do Paraná, filiou-se nesta última terça-feira ao PCdoB.

A filiação do Neoli coroa um longo processo do partido no movimento indígena. O lançamento da primeira candidatura a deputado estadual de um indígena no Paraná, acontecida no pleito de 2006, com o Guarani Teodoro Tupã da Cidade de Diamante do Oeste foi de grande importância para esta filiação.

“Podemos afirmar que hoje o PCdoB é o partido mais próximo ao movimento indígena no Paraná”, afirma o dirigente comunista de Cascavel, Paulo Porto. Nacionalmente, o PCdoB já é o partido mais próximo do movimento indígena.

Sua filiação aconteceu no gabinete do vereador de Cascavel, Fernando Bacana, seguida de entrevista coletiva e visita a imprensa local.

Prestigiaram o evento Adir Veloso, chefe da Fundação Nacional do Índio (Funai) do posto indígena do Rio da Cobras, e Sebastião Tavares, presidente da executiva provisória do PCdoB de Nova Laranjeiras.

26/09/2007 at 08:09 Deixe um comentário

Olímpíadas Indígenas reúnem mais de 800 atletas na reserva de Palmas

Mais de 800 indígenas da Reserva de Palmas (Sudoeste do Paraná) estão participando das Olimpíadas Indígenas. A promoção é da própria comunidade e conta com o apoio da Prefeitura de Palmas e da Secretaria de Estado da Educação, através do Núcleo Regional de Educação de Pato Branco e da Paraná Esporte.

A Paraná Esporte está oferecendo a premiação (troféus e medalhas), que será entregue neste sábado, no local das disputas. “É com satisfação que apoiamos uma competição dessa natureza, que representa uma festa de confraternização entre os indígenas da comunidade. Isso ajuda a manter viva a cultura desse povo”, afirma Ricardo Gomyde (PCdoB), presidente da Paraná Esporte.

Todas as disputas estão sendo realizadas dentro da própria reserva, nas modalidades de futebol, voleibol, corrida rústica, cabo de guerra, arco e flecha, com crianças e adolescentes. Os adultos, além destas provas, participam da corrida da tora. Sábado, até as 12 horas, horário da cerimônia de premiação, serão disputadas as finais do voleibol, futebol, cabo de guerra, corrida da tora, arco e flecha.

Além da parte esportiva, as Olimpíadas Indígenas mostram a cultura do grupo. Nesta sexta feira, a partir das 9 horas, haverá apresentações de danças e músicas, de projetos envolvendo agricultura, saúde, ervas medicinais e piscicultura, exposição de artesanato, comidas típicas e uma mostra de fotos históricas.

AE Notícias

20/04/2007 at 08:08 Deixe um comentário

Deu na Imprensa: Teodoro Tupã participa de curso inovador do MEC

Esta eu encontrei em um site de Fortaleza, mas que inicialmente foi publicado pela Agência Brasil, neste domingo, dia 15 e destaca a participação de nosso camarada Teodoro Tupã, candidato a Deputado Estadual em 2006 pelo PCdoB, em curso inovador do MEC.

Curso inovador do MEC ajuda professores Guarani-Embiá a fortalecer a própria cultura

Brasília – Professores Guarani-Embiá estão participando de um curso inovador do Ministério da Educação, MEC para formação em magistério de nível médio. A experiência, inédita no país, vai possibilitar que os professores dessa etnia, iniciem a formação por exemplo no Rio de Janeiro, terminem no Rio Grande do Sul e receba o certificado em Santa Catarina.

O curso começou em 2003 e tem duração de cinco anos. Os 75 professores são de cinco estados, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Espírito Santo. De acordo com o MEC, o novo formato do curso é um sucesso. Até agora, nenhum professor desistiu.

Márcia Blanc, coordenadora do curso, explica que a iniciativa tem o objetivo de suprir as necessidades dos Guarani-Embiá conhecerem sua história e das demais comunidades indígenas do país. Segundo ela o conhecimento adquirido é baseado principalmente na cultura dos próprios índios.

“Além dos saberes tradicionais que são ministrados como ciência nessa formação intercultural, também o conhecimento ocidental é dado. O português por exemplo é ministrado só que como uma segunda língua. Temos por exemplo etnohistória, eles estão tendo a história mas ela é sempre baseada na história do próprio povo. O que fazemos é trazer esses saberes a tona, para que depois sejam ministradas as aulas nas aldeias.”

Teodoro Tupã, da aldeia Itamarã, no município de Diamante do Oeste (PR), é um dos professores que participa do curso. Para ele, o curso é mais importante para professor, que pode se informar e voltar para a comunidade e transmitir seus conhecimentos. “O professor vai retornar para a aldeia, ou seja para a sala de aula, mais competente para trabalhar com a criança.”

Agência Brasil

16/04/2007 at 00:01 1 comentário


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Mais fotos

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 323,279 visitantes.