Posts filed under ‘Comunicação’

Seminário Eleitoral do PCdoB Paraná

O Comitê Estadual do PCdoB PR está convocando os Presidentes Municipais, Secretários de Comunicação, Pré-candidatos, futuros Coordenadores de Campanhas do Partido e demais dirigentes para o Seminário Eleitoral.

Será a primeira vez que o Partido realiza esse tipo de seminário voltado para capacitar candidatos e dirigentes e fornecer subsídios técnicos e políticos para as campanhas eleitorais do Partido.

O Seminário será no dia 19 de abril, sábado, em Curitiba e terá a seguinte programação:

08 horas – Inscrições e distribuição dos materiais de apoio.

09 horas – Abertura com Altamiro Borges – Secretário Nacional de Comunicação do PCdoB – Jornalista do Portal Vermelho.

10 horas – Intervenções sobre quadro político estadual, coligações e organização das campanhas:
1 – Milton Alves – Presidente Estadual do PCdoB;
2 – Ricardo Gomyde – Vice-presidente Estadual do PCdoB e pré-candidato a prefeito de Curitiba;
3 – Joel Benin – Secretário de Organização do PCdoB-PR.

11 horas – Debate

12 horas – Intervenção especial sobre planejamento de campanha por Elton Barz.

12:30 horas – Almoço.

14:00 horas – Intervenções Especiais sobre Comunicação Eleitoral
1 – Mário Milani – Publicitário – Tema: A Imagem do Candidato.
2 – Esmael Moraes – Jornalista – Materiais Gráficos e Internet.
3 – Cláudio Ribeiro – Jornalista – A Campanha no Rádio
Fecho – Altamiro Borges

16 horas – Intervenção especial sobre finanças e captação de recursos.

16:30 horas – Intervenção especial sobre legislação eleitoral – Dr. Manoel Barbosa.

17:30 horas – Previsão de encerramento.

Inscrição: Será cobrada uma taxa de R$ 30,00 que dará direito a um Kit com a Cartilha desenvolvida pela Comissão Nacional de Comunicação do PCdoB, um DVD, outros materiais e textos de apoio.

Local do Seminário: Hotel Caravelle – Rua Cruz Machado, 282, Centro, Curitiba. Reservas no Hotel – 41 33225757

Quaisquer dúvidas: escrever para: pcdobpr@gmail.com

Anúncios

08/04/2008 at 13:02 Deixe um comentário

Encontro de Comunicação se transforma em Seminário Eleitoral do PCdoB Paraná

O Encontro Estadual de Comunicação previamente marcado para abril, teve seus objetivos rediscutidos e ampliados na última reunião do Comitê Estadual do PCdoB PR, e acabou se transformando no Seminário Eleitoral do PCdoB Paraná.

A Comunicação Eleitoral continua no centro do debate, mas o Seminário também trará embasamento técnico e político para diversas questões que envolvem as eleições, como a tática, as coligações, o planejamento, a organização, as finanças e a legislação.

O Seminário será no próximo dia 19 de abril em Curitiba. Estão sendo convocados os presidentes municipais, secretários de comunicação, todos os pré-candidatos, futuros coordenadores de campanha, enfim, todos que estarão envolvidos diretamente na estruturação das campanhas do Partido em todo o Estado.

Debatedores de peso

Como debatedores, um time de peso está sendo mobilizado. A abertura será feita por Altamiro Borges, Secretário Nacional de Comunicação de PCdoB. Em seguida falarão Milton Alves (Presidente do PCdoB-PR) e Joel Benin (Secretário de Organização) sobre os temas coligações e organização de campanha. Ricardo Gomyde (Vice-pres. do PCdoB-PR) falará sobre o quadro político e as perspectivas eleitorais e Elton Barz falará sobre planejamento de campanha.

Além desses debatedores, ainda haverá intervenções especiais de profissionais da comunicação como Mário Milani (publicitário), Esmael Moraes e Cláudio Ribeiro, ambos jornalistas. Ainda haverá uma intervenção especial sobre finanças e captação de recursos e outra sobre a legislação eleitoral.

Cartilha e materiais de apoio

No Seminário, será lançada uma cartilha sobre comunicação eleitoral desenvolvida pela Comissão Nacional de Comunicação do PCdoB. Essa cartilha é composta de uma revista impressa é um vídeo do Seminário de Comunicação Eleitoral realizado em novembro de 2007 em São Paulo. Essa Cartilha será entregue a todos os participantes do Seminário.

Além desse material, serão disponibilizados uma série de documentos, normas, instruções e arquivos sobre todos os procedimentos que envolvem a estruturação das campanhas. Para disponibilizar os arquivos, foi criado um especo especial no Blog do Comitê Estadual (http://blogvermelho.org).

Serviço:
Seminário Eleitoral do PCdoB Paraná
Data: 19 de abril de 2008
Horário: das 9 às 18 horas
Local: Hotel Caravelle – Rua Cuz Machado 282 – Centro Curitiba
Reservas no Hotel – 41 33225757

02/04/2008 at 14:11 Deixe um comentário

PMDB comemora 42 anos e homenageia lideranças com Medalha Ulisses Guimarães

Joel Benin, vice-presidente do PCdoB de Curitiba foi um dos homenageados:

joel.jpg
Joel recebe a medalha de Doático Santos, Presidente do PMBD de Curitiba

O PMDB comemorou os 42 anos de fundação nesta segunda-feira, dia 24 de março com um almoço em Curitiba. Na oportunidade diversas personalidades foram homenageadas, entre eles o Vice-presidente do PCdoB de Curitiba, Joel Benin. Para a homenagem, foi instituída a medalha Ulisses Guimarães.

O PMDB, que nasceu MDB, teve sua fundação em 24 de março de 1966 com o registro na Justiça Eleitoral. Era um dos resultados da extinção dos partidos do campo progressista imposta pelo AI-2 e a instalação do bipartidarismo logo em seguida. Por este motivo, o MDB foi o principal aglutinador da oposição durante a ditadura, tendo importante papel na redemocratização e sendo o maior partido do País até hoje.

joelrequiao.jpg
Joel Benin recebe os cumprimentos do Governador Roquião

24/03/2008 at 17:02 5 comentários

Renato Rabelo: Carteira Militante deve ser regra, não exceção

“Neste momento de afirmação partidária, ousadia política e consolidação orgânica do PCdoB em todo o país, a Carteira significa compromisso e orgulho de ser militante do partido; significa reforçar a vida partidária coletiva e dar conseqüência à importante idéia de que ninguém deve atuar sem papel definido no partido”, diz Renato Rabelo, presidente do PCdoB. Para ele, o atual momento é propício para ampliar o uso da Carteira Nacional Militante.

cnm2008.jpg

Implantada em 2006 após decisão do 11º Congresso do partido, realizado em outubro de 2005, a Carteira Nacional Militante (CNM) tem se mostrado uma importante ferramenta para a atuação dos comunistas e para a sustentação material da estrutura partidária. Em 2006, foram emitidas 11.462 carteiras.
A meta, conforme decisão do Comitê Central, é que todos os militantes do partido – hoje em torno de 92 mil – adquiram a sua. “O PCdoB vive um momento favorável, está se abrindo para a sociedade. É esse o principal estímulo para implementar com toda conseqüência a decisão do CC”, explicou Renato Rabelo.

Ao mesmo tempo, todo filiado ao PCdoB tem o direito de solicitar a sua carteira. Apenas com ela, os portadores poderão votar e serem votados. “A carteira é peça chave do esforço de estruturação partidária, porque a ela se vinculam os direitos e deveres militantes, entre os quais o direito de votar e ser eleito e o compromisso de sustentação material do partido”, disse o dirigente.

Foco nas plenárias

Para o Renato, os resultados obtidos até agora são importantes porque não só ajudaram a educar a militância como, também, possibilitaram a aquisição da sede própria nacional (foto) do PCdoB em São Paulo. Mas, é preciso atingir um patamar superior. E, para isso, a direção nacional está incentivando seus comitês estaduais e municipais, bem como seus quadros, dirigentes e pré-candidatos a adquirirem e incentivarem os filiados a ter a carteira.

O foco são as atividades coletivas que acontecem entre março e junho.“O ponto de partida será as plenárias de mobilização militante que se realizam em todo o país nos meses de março e abril. A partir daí, até as convenções eleitorais, de 10 a 30 de junho, buscamos ampliar significativamente o número de CNM. Ou seja, a CNM deve ser regra e não exceção”, enfatizou Renato.

Campanha interna

Em circular assinada conjuntamente pelos secretários de Finanças e de Organização, Vital Nolasco e Walter Sorrentino, ressalta-se a necessidade de se pôr em prática as normas eleitorais aprovadas pela mais recente reunião da Comissão Política Nacional, entre elas a exigência de que todos os pré-candidatos a prefeito, vice e vereador requisitem a CNM 2008, bem como todos os delegados eleitos para a plenária final das convenções eleitorais municipais. “Vamos aproveitar particularmente o impulso de centenas de candidaturas numa grande campanha interna pela implantação da CNM 2008. As direções em todos os níveis precisam se preparar para fazer frente ao desafio”, disse Renato.

Sinal de compromisso do coletivo com a organização e estruturação do partido, a Carteira Nacional Militante depende da participação de todos. Da parte dos comitês, as secretarias estaduais de Organização terão papel fundamental. Partirá dessas instâncias os pedidos de remessa das carteiras, ao custo unitário de R$ 3,00 que servirá para cobrir as despesas de confecção e envio. O valor também vai pagar as despesas de envio de dois exemplares do jornal A Classe Operária para aqueles que adquirirem sua carteira.

O restante da arrecadação com a emissão da CNM se destina a financiar a atividade dos comitês estaduais, podendo ser estabelecidas normas próprias de partilha com os comitês municipais.

Consciência militante

Do lado dos militantes, a carteira será remetida para aqueles que contribuírem com uma anuidade equivalente a pelo menos 1% do salário ou renda mensal, sendo o piso estabelecido com base no salário mínimo, conforme resolução do CC. Para o presidente do PCdoB, “é sobretudo o militante e a militante, a partir de sua consciência, que precisa se mobilizar para assegurar esse direito e expressar seu compromisso, solicitando a emissão de sua Carteira”.Aos militantes que estiverem em dia com o Sistema Nacional de Contribuição Militante (Sincom), o partido vai enviar bimestralmente, por mala direta e durante um período experimental de 12 meses, a edição da revista Princípios, como forma de estímulo à formação partidária e à luta de idéias.

De acordo com Renato, é importante compreender o fortalecimento da carteira como passo destacado para a renovação de concepções e práticas de partido, “mantendo fidelidade aos princípios essenciais ao lado de grande arrojo em dotar o partido de uma vida interna rica, participativa, democrática e compromissada”. A CNM, disse, é um bom indicador desses compromissos. “Vamos ser todos e todas ‘militantes de carteirinha’”, finalizou.

Por Priscila Lobregatte, Portal Vermelho

24/03/2008 at 13:03 1 comentário

Vermelho passa o PT e já é o segundo no iBest

O portal www.vermelho.org.br ultrapassou o site do PT e está em segundo lugar entre os 36 concorrentes à categoria Cidadania/Política do Prêmio iBest – baseado no voto direto dos internautas e considerado ”o Oscar da internet brasileira”. Em primeiro lugar permanece o site Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amorim.

O Conversa Afiada figura no ranking do iBest com 17% da votação na categoria. O Vermelho  aparece com 016% e o Site do PT aparece com 15%.

O site Mídia sem Máscara, defensor da ditadura de 1964, que já foi o primeiro colocado na votação dos internautas, com 29%, caiu do terceiro para o quarto lugar, com 12%. Na seqüência, aparece o endereço virtual da revista Caros Amigos, com 10%.

”Trabalho de formiguinha”

O Prêmio iBest – a mais famosa premiação da internet brasileira – voltou em 2008 após um ano em que não houve concurso. Em todas as edições de que participou, o Vermelho sempre ficou nas dez primeiras colocações. Seus melhores anos foram 2003 (terceiro lugar) e 2004 (campeão).

Na edição 2008 do prêmio, os votos no Vermelho começaram como 5% do total, em 25 de janeiro, e triplicaram em um mês. ”Isso é natural. A nossa campanha se baseia no trabalho de formiguinha de cada internauta, já que uma boa parte dos nossos visitantes ‘veste a camisa’ do Vermelho”, comentou o editor do portal, Bernardo Joffily. Ele acredita que a ascensão tem tudo para continuar e levar o Vermelho ao primeiro lugar, ”apesar de nosso apreço pelo jornalismo lúcido e combativo de Paulo Henrique Amorim”.

Saiba como votar

As reformas introduzidas na 12ª edição do iBest tornaram a disputa mais democrática e transparente: há um turno único, com votação até 9 de maio, em vez das três etapas anteriores. E a página do prêmio permite que se acompanhe pela internet a colocação de cada concorrente (clique aqui para ver como está o ranking agora).

Para votar no iBest, o internauta precisa antes se cadastrar. Em seguida, o iBest envia para o e-mail da pessoa uma mensagem de confirmação do cadastro, seguida por outra com a senha que permite a votação. Cada internauta pode votar em todas as diversas categorias do prêmio, inclusive regionais. Dentro de cada categoria, é permitido votar em quantos sites o eleitor quiser, porém apenas uma única vez em cada candidato.

Fonte: O Camarada – PCdoB de Londrina

12/03/2008 at 15:42 Deixe um comentário

Fórum de Comunicação do PCdoB discute atividades para 2008

Aconteceu nesta sexta-feira e sábado, dias 15 e 16, na sede do Comitê Central, reunião ampliada do Conselho Nacional de Comunicação do PCdoB. Estiveram presentes 42 comunicadores do partido de 18 estados, entre eles Ivan Carlos Souza, Secretário Estadual de Comunicação e Thiago Moro, coordenador do BlogVermelho, representando o Paraná.

O destaque ficou para a abertura, feita pelo senador Inácio Arruda (PCdoB/CE). Entre os temas debatidos foram pautadas as eleições de outubro, o kit eleitoral que o PCdoB está elaborando para auxiliar os candidatos e a ampliação do alcance de dois dos principais veículos de comunicação do partido, o portal Vermelho e o jornal A Classe Operária.

Entre as principais tarefas saídas da reunião, para execução imediata, estão o agendamento de encontros regionais para se discutir comunicação e eleição e o planejamento dos comitês estaduais para aprimorar a distribuição do jornal A Classe Operária, versão de massas, que deverá ter a sua tiragem, hoje de 300 mil exemplares mensais, aumentada neste ano, podendo ainda passar por mudanças gráficas e editoriais.

Também foram levantadas as necessidades de aumentar o número de cadastros do boletim eletrônico Destaques do Vermelho e, assim, incrementar o acesso ao portal; intensificar a campanha pelo iBest, no qual o Vermelho compete na categoria de melhor site de política e a realização de reuniões com as comissões políticas estaduais a fim de rediscutir o papel de protagonismo que a Comunicação deve ter no partido, em consonância com decisão da direção nacional do PCdoB. O partido deve ainda se preparar, desde já, para a participação da Conferência Nacional de Comunicações, convocada pelo governo federal e que deve acontecer neste ano.

Com relação ao kit eleitoral, formado por cartilha de orientação e DVD com a edição do seminário Comunicação e Eleição, realizado dias 23 e 24 de novembro, haverá mudanças e o mesmo terá, em breve, um espaço dinâmico na página do Partido Vivo. A página especial irá disponibilizar o material e também fontes para materiais impressos, exemplos de jingles e de programas, planilhas de controle etc. O balanço final de 2007 também sofrerá modificações e sua versão final será divulgada em breve. Além disso, foi decido que o conselho passa agora a se chamar Fórum de Comunicação do PCdoB, e seu quadro de integrante também sofre alterações, com a mudança de cinco de seus membros.

Para Altamiro Borges, “os comitês estaduais precisam se dedicar mais à comunicação porque sem ela, o partido morre”. Por isso, disse, é necessário reavaliar o orçamento nos estados para que seja possível aprimorar as estruturas de comunicação. “Apesar de o Comitê Central ter consagrado a Comunicação como um dos pilares do partido, ainda há um certo descompasso entre as ações da direção nacional e as da maioria dos estados”, avaliou. 

Simplificando o discurso
Ao falar sobre as eleições majoritárias deste ano, o senador comunista Inácio Arruda destacou a necessidade de se trabalhar o discurso com simplicidade, aproximando as propostas do PCdoB às realidades locais. Ele lembrou que coisas simples, como por exemplo, a melhoria do calçamento ou a limpeza pública, são pontos que devem constar nas propostas dos comunistas para a administração municipal.

Experiente líder comunitário que ingressou na vida política nos anos 80, Inácio disse que o importante nessas mídias é a apresentação de propostas afinadas com as demandas da população. “Devemos usar esses meios com base na sabedoria popular”, ressaltou. Ele lembrou que temas como a produção de castanha de caju, moradia e pesca, que eram de interesse geral do povo cearense, ajudaram o então candidato ao Senado a falar diretamente com a população.

Questões mais amplas, de âmbito nacional, devem permear o debate, mas não ser a tônica do discurso. “Quando investimos nesses assuntos, muitos dos nossos militantes não aprovaram, mas a população entendeu”, disse. Para ele, falar de propostas simples, sem rebaixar o discurso, contribui ainda para elevar a consciência do povo sobre a necessidade de mudar sua situação e também massifica a imagem do PCdoB.

Outro convidado foi o Messias de Souza, advogado do partido. Ele tirou dúvidas sobre as questões jurídicas que envolvem uma campanha eleitoral, como restrições ao uso de propagandas e proibição de distribuição de brindes e afins. Segundo ele, é preciso cautela ao se partir para a desconstrução do adversário, levando em conta o bom senso e considerando os aspectos meramente políticos e não morais. Por outro lado, é importante focar a campanha na construção dos candidatos comunistas.

A reunião se estendeu até a tarde de sábado, com a participação e a intervenção dos comunicadores presentes.

De São Paulo,
Priscila Lobregatte

19/02/2008 at 14:52 Deixe um comentário

Edição semanal de A Classe Operária já está disponível

A Classe OperáriaOs internautas já podem acessar no endereço www.pcdob.org.br/classe a versão semanal e experimental do jornal A Classe Operária. Pensado para ser acessado pelos usuários com internet para distribuição aos sem internet, o jornal, com seis páginas, tem formato que facilita a impressão doméstica com baixo custo.

Nesta edição, o jornal terá como tema de capa as marchas pelo dia da Consciência Negra e seu significado na luta pelo fim do preconceito racial. Além disso, aborda a urgência das seis reformas propostas pelo PCdoB; o projeto “botox” do PSDB e o relato de um camponês torturado durante a Guerrilha do Araguaia com a temida “coroa de Cristo”. Traz também um balanço do crescimento do PCdoB, a polêmica da CPMF com o pito de Jatene em Skaf , as reformas na Venezuela e a grita da direita.

A edição é a primeira desta segunda fase de teste. A cada semana, um novo jornal estará disponível, sempre às quintas-feiras, no período de 22 do novembro a 12 de dezembro. Para baixar o conteúdo, basta preencher um breve formulário e criar seu login e senha. É importante lembrar que estas informações devem ser guardadas com o usuário porque poderão ser utilizadas nas edições seguintes.

Além do conteúdo nacional, redigido em São Paulo pela equipe de A Classe Operária, os estados poderão fazer suas páginas locais, anexando ao conteúdo nacional. Isso permite ao impresso ter, ao mesmo tempo, um conteúdo nacional com apelo regional.  O valor proposto para a venda é de R$ 1,00, o que cobriria o custo da reprodução em cores. Para facilitar a impressão, suas páginas foram feitas em formato A4.
 
Nesta nova fase da experiência, onze estados serão acompanhados para que o partido possa, posteriormente, medir o desempenho do jornal tanto em seu conteúdo quanto em sua aceitação e distribuição. No entanto, todos os estados estão convidados a participar da empreitada. Na última experiência, realizada entre 14 de junho e 5 de julho em seis cidades (Rio de Janeiro, Guarulhos, Betim, Petrópolis, Niterói e Santos), o jornal teve 624 impressões em sua estréia e 1.742 em seu último número.

22/11/2007 at 08:14 Deixe um comentário

Posts antigos


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 324,087 visitantes.