“A luta política em 2013 será por desenvolvimento e democracia”

26/02/2013 at 09:02 Deixe um comentário

bandeirapcdob“O Congresso é o momento de passar em revista todas as nossas fileiras militantes, no sentido de ampliar a orientação do seu papel político, para que o PCdoB possa ver concretizado seu projeto nacional de desenvolvimento”. Esse foi o tom dado por Walter Sorrentino, secretário Nacional de Organização do PCdoB, ao falar da preparação para o 13º Congresso Nacional.

Ele informou que a mobilização para o 13º Congresso já foi iniciada em todos os estados e destacou que o Partido está promovendo um reposicionamento partidário dentro do quadro pós-eleitoral ao mesmo tempo em que está contruindo o projeto de para 2014.

“É bom lembrar que nossas consignas para a luta política em 2013 giram em torno do desenvolvimento e democracia. Desenvolvimento que implica em romper ainda mais as amarras da política macroeconômica brasileira e democrática porque envolve a luta pelo reforço e ampliação dos diretos e das lutas dos movimentos sociais”, frisou.

De acordo com Sorrentino, à rigor, o Congresso será convocado em março, após reunião do Comitê Central do PCdoB, as normas e documentos básicos do Congresso serão publicados em junho. Além disso, destacou que o Partido espera alcançar, com o Congresso, a marca de 500 mil filiados. Ele sinalizou que o Partido “espera que a mobilização militante possa superar, em muito, os números do último Congresso, que foi de 100 mil militantes”.

Ele também salientou que “o Congresso tem em vista preparar toda a militância para um grande debate nacional. Pois o encontro, por excelência, se ocupa de temas nacionais, com um grande objetivo: como firmar o rumo para que o PCdoB jogue o seu papel, nesta nova arrancada que o Partido deve pactuar para às eleições em 2014”.

Outra questão tocada por Sorrentino é sobre a importância da formação dos comunistas. Segundo ele, “é evidente a necessidade de aprimorar a formação dos quadros do PCdoB e o compromisso partidário. O Congresso é o momento de passar em revista todas as nossas fileiras militantes, no sentido de amplias a orientação do seu papel político, para que o Partido possa ver concretizado seu projeto político”.

Espaço de firmação de lutas

Ainda durante a entrevista, o secretário lembrou que o Congresso do Partido é um dos momentos mais esperados e representa, praticamente, uma constituinte. “O Congresso se converte em um momento de firmação das lutas e dos passos que serão seguidos por todos que compõem a base do PCdoB. Ele se dá em meio a um dos momentos mais significativos da vida nacional e também em meio a uma grande crise estrutural, temática que deverão ser exaustivamente debatidas”.

“Creio que um papel central do nosso Congresso o de examinar os 10 anos de realizações profundas do circulo aberto por Lula e continuado por Dilma. Hoje, o país é outro, e almeja ampliar essas realizações, no rumo de um país soberano, desenvolvido e justo. E o Congresso será o momento em que examinaremos essas realizações à luz do nosso Programa”, pontuou o dirigente.

Ele explicou, ainda, que a partir dessa avaliação o Partido definirá o caminho para uma nova arrancada. “O PCdoB entende que o Brasil precisa avançar ainda mais, ampliar o desenvolvimentismo de caráter democrático, integrado, soberano, patriótico e popular. Avançar com um projeto que fomente um desenvolvimento com sustentabilidade e inclusão, que ponha fim a as desigualdades historicamente construídas”, sinalizou Sorrentino.

10 anos de mudanças

Sobre o marco dos 10 anos de governos progressistas e populares, Sorrentino disse que o Brasil retomou uma trajetória para a qual estava vocacionado. Segundo ele, o país volta aos trilhos, no sentido de retomar a soberania e autonomia sobre o seu projeto de desenvolvimento.

Ele cita que “o país deu passos decisivos no que se refere à integração regional e que ainda está em curso. Vivemos um bom momento, mesmo ainda possuindo grandes desafios e dificuldades, as quais herdamos, mesmo assin, vivemos um precioso momento”. E reafirma: “Entendemos que ainda existem grandes desafios, mas o caminho trilhado até aqui abriu o horizonte de que é possível enfrentá-los e superá-los”.

Para Walter Sorrentino “o Brasil está no rumo certo, mas o projeto em curso precisa de um relançamento, uma nova arrancada. E cabe às forças progressistas de forma geral, e ao PCdoB em particular, perceber a potencialidade e continuar nessa jornada para vencer o subdesenvolvimento, as desigualdades, a pobreza, entre muitas outras bandeiras já levantadas. E todas as conquistas alcançadas até aqui devem ser entendidas como um chamado a todas as forças populares e progressistas para continuar este processo e colocar o Brasil em um novo e sólido patamar.

Fonte: Portal Vermelho

Entry filed under: Partido Vivo. Tags: , .

Artigo: Os serviços de Marina Silva Coluna FALANDO SÉRIO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

PCdoB no Facebook

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Mais fotos

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 321,963 visitantes.

%d blogueiros gostam disto: