“A luta política em 2013 será por desenvolvimento e democracia”

26/02/2013 at 09:02 Deixe um comentário

bandeirapcdob“O Congresso é o momento de passar em revista todas as nossas fileiras militantes, no sentido de ampliar a orientação do seu papel político, para que o PCdoB possa ver concretizado seu projeto nacional de desenvolvimento”. Esse foi o tom dado por Walter Sorrentino, secretário Nacional de Organização do PCdoB, ao falar da preparação para o 13º Congresso Nacional.

Ele informou que a mobilização para o 13º Congresso já foi iniciada em todos os estados e destacou que o Partido está promovendo um reposicionamento partidário dentro do quadro pós-eleitoral ao mesmo tempo em que está contruindo o projeto de para 2014.

“É bom lembrar que nossas consignas para a luta política em 2013 giram em torno do desenvolvimento e democracia. Desenvolvimento que implica em romper ainda mais as amarras da política macroeconômica brasileira e democrática porque envolve a luta pelo reforço e ampliação dos diretos e das lutas dos movimentos sociais”, frisou.

De acordo com Sorrentino, à rigor, o Congresso será convocado em março, após reunião do Comitê Central do PCdoB, as normas e documentos básicos do Congresso serão publicados em junho. Além disso, destacou que o Partido espera alcançar, com o Congresso, a marca de 500 mil filiados. Ele sinalizou que o Partido “espera que a mobilização militante possa superar, em muito, os números do último Congresso, que foi de 100 mil militantes”.

Ele também salientou que “o Congresso tem em vista preparar toda a militância para um grande debate nacional. Pois o encontro, por excelência, se ocupa de temas nacionais, com um grande objetivo: como firmar o rumo para que o PCdoB jogue o seu papel, nesta nova arrancada que o Partido deve pactuar para às eleições em 2014”.

Outra questão tocada por Sorrentino é sobre a importância da formação dos comunistas. Segundo ele, “é evidente a necessidade de aprimorar a formação dos quadros do PCdoB e o compromisso partidário. O Congresso é o momento de passar em revista todas as nossas fileiras militantes, no sentido de amplias a orientação do seu papel político, para que o Partido possa ver concretizado seu projeto político”.

Espaço de firmação de lutas

Ainda durante a entrevista, o secretário lembrou que o Congresso do Partido é um dos momentos mais esperados e representa, praticamente, uma constituinte. “O Congresso se converte em um momento de firmação das lutas e dos passos que serão seguidos por todos que compõem a base do PCdoB. Ele se dá em meio a um dos momentos mais significativos da vida nacional e também em meio a uma grande crise estrutural, temática que deverão ser exaustivamente debatidas”.

“Creio que um papel central do nosso Congresso o de examinar os 10 anos de realizações profundas do circulo aberto por Lula e continuado por Dilma. Hoje, o país é outro, e almeja ampliar essas realizações, no rumo de um país soberano, desenvolvido e justo. E o Congresso será o momento em que examinaremos essas realizações à luz do nosso Programa”, pontuou o dirigente.

Ele explicou, ainda, que a partir dessa avaliação o Partido definirá o caminho para uma nova arrancada. “O PCdoB entende que o Brasil precisa avançar ainda mais, ampliar o desenvolvimentismo de caráter democrático, integrado, soberano, patriótico e popular. Avançar com um projeto que fomente um desenvolvimento com sustentabilidade e inclusão, que ponha fim a as desigualdades historicamente construídas”, sinalizou Sorrentino.

10 anos de mudanças

Sobre o marco dos 10 anos de governos progressistas e populares, Sorrentino disse que o Brasil retomou uma trajetória para a qual estava vocacionado. Segundo ele, o país volta aos trilhos, no sentido de retomar a soberania e autonomia sobre o seu projeto de desenvolvimento.

Ele cita que “o país deu passos decisivos no que se refere à integração regional e que ainda está em curso. Vivemos um bom momento, mesmo ainda possuindo grandes desafios e dificuldades, as quais herdamos, mesmo assin, vivemos um precioso momento”. E reafirma: “Entendemos que ainda existem grandes desafios, mas o caminho trilhado até aqui abriu o horizonte de que é possível enfrentá-los e superá-los”.

Para Walter Sorrentino “o Brasil está no rumo certo, mas o projeto em curso precisa de um relançamento, uma nova arrancada. E cabe às forças progressistas de forma geral, e ao PCdoB em particular, perceber a potencialidade e continuar nessa jornada para vencer o subdesenvolvimento, as desigualdades, a pobreza, entre muitas outras bandeiras já levantadas. E todas as conquistas alcançadas até aqui devem ser entendidas como um chamado a todas as forças populares e progressistas para continuar este processo e colocar o Brasil em um novo e sólido patamar.

Fonte: Portal Vermelho

Anúncios

Entry filed under: Partido Vivo. Tags: , .

Artigo: Os serviços de Marina Silva Coluna FALANDO SÉRIO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

PCdoB no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 324,627 visitantes.

%d blogueiros gostam disto: