Equador: Comunistas de 13 países destacam posições comuns

16/11/2012 at 16:14 Deixe um comentário

Imagen activaGuayaquil, Equador, 16 nov (Prensa Latina) Dirigentes e servidores públicos de 13 partidos comunistas da América Latina e das Caraíbas proclamaram sua solidariedade com a Revolução Cidadã, a condenação do bloqueio a Cuba e a liberdade dos cinco antiterroristas cubanos presos nos Estados Unidos.

A Declaração de Guayaquil, aprovada pelo consenso durante o Encontro Internacional de Partidos Comunistas da América que secionou durante dois dias nesta cidade, felicita ao presidente Hugo Chávez e ao povo venezuelano por seu estratégico triunfo eleitoral.

Igualmente reafirma a posição comum pela soberania argentina sobre as Ilhas Malvinas, pela independência do Porto Rico e do direito da Bolívia a uma saída ao mar.

Especial atenção, precisa a Declaração, merecem as novas iniciativas de paz apresentadas na Colômbia, o qual coadjuva o avanço democrático no Continente.

Nos países irmãos da Bolívia, Nicarágua, Uruguai, El Salvador, Argentina e Brasil vivem-se processos anti-imperialistas e democráticos inéditos na região, agregam os partidos comunistas, depois de destacar a heroica luta da juventude chilena pelo direito universal à educação.

Sublinha a Declaração que os processos integradores têm há ver, indiscutivelmente, com as crescentes posições anti-imperialistas e democráticas de nossos povos e de quase a totalidade de seus governos.

A Aliança Bolivariana dos Povos de Nossa América (ALBA), a União das Nações da América do Sul (Unasur), o Mercado Comum do Sul (Mercosul) e a Comunidade de Estados da América Latina e Caribenhos (Celac) marcam uma rota para o futuro de Nossa América em caminho ao socialismo, agrega.

Precisa que a cada processo nacional tenha suas particularidades e alerta que “o império não deixa de conspirar contra esta realidade, e financia através de seus agentes locais, golpes de Estado como os materializados em Honduras e no Paraguai”.

Recorda as frustradas tentativas golpistas na Venezuela, Bolívia e no Equador, e denuncia a manipulação do tema da insegurança, “sugerindo políticas mais repressivas que incluiria a criminalização do protesto social, o narcotráfico ou o terrorismo, para justificar sua presença militar na região”.

“É necessário e possível, nestas circunstâncias, propor novas e mais elevadas formas de alianças estratégicas nos setores anti-imperialistas, democráticos e revolucionários, propondo a cada caso um programa político de unidade das esquerdas, para além dos processos eleitorais”.

ocs/prl/bj

Modificado el ( viernes, 16 de noviembre de 2012 )

publicado: prensa latina

Entry filed under: Geral. Tags: .

Para Maria do Rosário, combate à extrema pobreza será maior contribuição do Brasil no Conselho de Direitos Humanos da ONU Interior com violência de capital

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

PCdoB no Facebook

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Mais fotos

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 321,918 visitantes.

%d blogueiros gostam disto: