Comissão Política Nacional define tarefas pós-eleitorais do PCdoB

09/11/2012 at 13:36 Deixe um comentário

Reunida em Brasília, a Comissão Política Nacional do PCdoB emitiu nesta quinta-feira (8) nota que traça as tarefas dos comunistas brasileiros após as eleições municipais de 2012. O texto aponta a participação e as conquistas do Partido em todo o território brasileiro no pleito deste ano.

O documento ressalta a eleição de 56 prefeitos, 85 vice-prefeitos e 976 vereadores comunistas. “Em importantes capitais brasileiras, os comunistas, mesmo não logrando êxito eleitoral, protagonizaram campanhas que atingiram parcelas expressivas do eleitorado. As amplas chapas de vereadores projetaram também a legenda do PCdoB a novos patamares.”

Os êxitos do Partido são atribuídos aos “programas e propostas defendidos pelo partido perante o eleitorado, à militância e sua capacidade de mobilização e aglutinação de camadas mais amplas do povo, e, finalmente, às lideranças comunistas, candidatos e dirigentes partidários, que encabeçaram o esforço”, explica a nota.

“Terminadas as eleições, cabe aos comitês estaduais e municipais iniciarem, de imediato, o balanço político dessa grande batalha, examinar a fundo os fatores da força e das insuficiências partidárias, e traçarem o planejamento das novas tarefas partidárias”, indica a CPN.

Leia abaixo a íntegra do documento:

Tarefas do Partido para o período pós-eleitoral

1. O PCdoB disputou eleições em mais de dois mil municípios e conquistou importantes vitórias políticas e eleitorais. Elegeu 56 prefeitos, 85 vice-prefeitos e 976 vereadores. Nos 85 municípios com mais de 200 mil eleitores e que têm dois turnos, o Partido foi o que, proporcionalmente, mais cresceu, triplicou sua votação e alcançou a 6ª colocação entre os mais votados. Em importantes capitais brasileiras, os comunistas, mesmo não logrando êxito eleitoral, protagonizaram campanhas que atingiram parcelas expressivas do eleitorado. As amplas chapas de vereadores projetaram também a legenda do PCdoB a novos patamares. Aumentou em 36% o número de prefeitos, 31% a votação a vereadores e 61% o número de vereadores eleitos, numa acumulação gradativa de sua força eleitoral. A CPN congratula-se com o esforço realizado por todo o partido, em todos os estados, desde a militância até os candidatos que o tornaram possível;

2. O êxito se associa, como afirmado ao final do primeiro turno, aos programas e propostas defendidos pelo partido perante o eleitorado, à militância e sua capacidade de mobilização e aglutinação de camadas mais amplas do povo, e, finalmente, às lideranças comunistas, candidatos e dirigentes partidários, que encabeçaram o esforço;

3. Isso foi alcançado no seio de uma importante vitória da base de sustentação do governo Dilma, sobretudo das forças à esquerda, ao tempo em que reduziu as forças de oposição, notadamente com a derrota imposta em São Paulo a um de seus maiores expoentes. Com isso reforça-se a possibilidade de marchar rumo a 2014 pela continuidade e aprofundamento das mudanças necessárias ao país sob a liderança de Dilma Rousseff. Tal resultado, vale enfatizar, se deu em meio a intensa ofensiva midiática do julgamento da Ação Penal 470 no STF;

4. Terminadas as eleições, cabe aos comitês estaduais e municipais iniciarem, de imediato, o balanço político dessa grande batalha, examinar a fundo os fatores da força e das insuficiências partidárias, e traçarem o planejamento das novas tarefas partidárias. Especial atenção deve ser dada nessa análise aos esforços despendidos nos 300 maiores municípios do país, alvo principal do esforço definido no 7º Encontro Nacional sobre Questões de Partido. O Comitê Central se empenhará para participar de todas essas reuniões dos comitês estaduais para ter uma visão de conjunto mais concreta tanto do balanço como do planejamento subsequente;

5. O planejamento deve estar associado com o posicionamento político partidário em função dos resultados eleitorais. Esforço importante é aquele em relação aos municípios que elegeram Executivos com o apoio do PCdoB: definir o papel e lugar do partido na administração com vistas a acumular expressão política e social que favoreçam o cumprimento do programa vitorioso nas urnas e propiciar maior força partidária a serviço do projeto definido. Também entram em pauta as discussões iniciais do projeto eleitoral do Partido para 2014; prefeitos, vice-prefeitos e vereadores precisam estruturar os seus mandatos em sintonia com as direções e os atuais deputados e senadores do Partido, além de se buscar, desde já, a definição das lideranças atuais e novas que possam disputar as próximas eleições com vistas a ampliar a presença partidária nas Assembleias Legislativas, no Congresso Nacional e em possíveis disputas para governos estaduais;

6. Aos prefeitos e vice-prefeitos comunistas eleitos, acompanhados pelos respectivos comitês, é essencial definir os planos e a composição de governo, a definição dos secretários e as primeiras medidas das novas administrações. A direção nacional estabelecerá uma agenda para um Encontro Nacional dos 56 prefeitos eleitos, visando articular forças para um bom desempenho dos mandatos;

7. Os Comitês Estaduais deverão realizar desde já Encontros com os vereadores eleitos. Aos vereadores que irão iniciar seus novos mandatos, é imprescindível definir suas áreas prioritárias de atuação e suas equipes de trabalho e a posição do Partido diante dos novos prefeitos. Todos esses mandatos precisam se articular em torno dos novos projetos partidários, em especial 2014, como também na esfera da ação de massas. Cursos partidários deverão ser providenciados para os que são novos no partido. Importante destacar o papel das mulheres eleitas, preparando sua participação, junto com as Secretarias de Mulheres, no Seminário Poder e Políticas Públicas para as Mulheres, em São Paulo, em 8 e 9 de dezembro;

8. Na linha de acumulação estratégica de forças do Partido, o planejamento na frente política institucional deve se desenvolver conjuntamente com a intensificação do papel dos comunistas nas diferentes lutas sociais, fonte permanente de crescimento do partido, de ampliação de sua inserção política e social e base segura para conquistas de novas vitórias. O mesmo quanto a retomar a aplicação da linha político-organizativa traçada no 7º Encontro Nacional sobre Questões de Partido, atualizada com o debate do balanço partidário, para o que será realizada reunião nacional da frente de organização em janeiro de 2013.

9. O ano de 2013 será de Congresso Nacional do Partido, ocasião para tonificar a fundo toda a vida partidária. Nesse sentido, desde já, precisa ser retomado o esforço por amplas filiações ao partido e o desenvolvimento do projeto do Curso do Programa Socialista em ampla escala.

A Comissão Política Nacional
Brasília, 8 de novembro de 2012

Entry filed under: Geral. Tags: .

Paraná investe metade do previsto para 2012 Reunião Ordinária do Pleno do Comitê Estadual

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

PCdoB no Facebook

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Mais fotos

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 321,918 visitantes.

%d blogueiros gostam disto: