O horário eleitoral gratuito

21/08/2012 at 21:09 Deixe um comentário

 A campanha eleitoral entra hoje (21) em sua fase decisiva: a propaganda das ideias e projetos através do horário eleitoral gratuito de rádio e televisão. Este tem sido, tradicionalmente, um importante espaço de interlocução entre os candidatos e o eleitorado, embora setores conservadores tentem desqualificá-lo alegando um inexistente desinteresse do povo pela política. Na verdade, gostariam de eliminar ou minimizar a comunicação democrática que ajuda a fomentar, no meio do povo, o confronto de opiniões e o debate político.

As campanhas eleitorais têm sempre características próprias. Quando se trata de eleições gerais, envolvendo cargos de presidente, governador, deputados federais e senadores, o debate das grandes questões nacionais é mais nítido. No caso das eleições municipais, como as que vão ocorrer em outubro próximo, a tentação para paroquializar a disputa é grande, e atende justamente aos interesses conservadores. Este é um ponto que merece a atenção dos candidatos democráticos e ligados ao povo: a eleição envolve sobretudo a proposta de soluções para os graves problemas que os municípios enfrentam. Mas não é só.

É no município que começa a luta pela humanização das cidades e também da vida. É nele que a luta pela democratização do país anda de braços dados com o combate à miséria, pela justiça social, pela universalização de direitos econômicos e sociais, pela reforma urbana, etc.

Mas a eleição municipal envolve também as grandes questões nacionais. Ao escolher a cidade que quer para o presente e o futuro o eleitor aponta também para o país que deseja construir. Neste sentido, embora os problemas debatidos numa disputa para prefeitos e vereadores sejam de âmbito local, eles não podem ser dissociados do enfrentamento dos problemas mais gerais do país.

No programa dos partidos e coalizões para enfrentar os problemas locais as grandes propostas nacionais ganham corpo na forma das soluções concretas a serem equacionadas. É no município que o conjunto das reformas estruturais democráticas pleiteadas para o país se torna visível e concreto.

Neste sentido, a propaganda eleitoral para prefeitos e vereadores não pode jamais abstrair as grandes questões nacionais. A eleição de 2012 é um passo importante da disputa que virá a seguir, em 2014, quando estará em jogo a sucessão da presidenta Dilma Rousseff e a continuidade do programa de mudanças democráticas e progressistas iniciado no primeiro mandato do presidente Lula, desde 2003, e que precisa prosseguir para consolidar as alterações que o país vive e aprofundar a derrota política das forças conservadoras e reacionárias.

Mais uma vez, agora em escala municipal, é preciso derrotar estas forças que representam um obstáculo para o desenvolvimento e a democratização do Brasil. A vitória sobre elas pressupõe a formulação de programas que reúnam ideias avançadas e progressistas com as propostas concretas que o povo de cada município exige.

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Derosso é o principal tema do horário gratuito no rádio Propaganda no rádio e TV, é hora de debater com a maioria do povo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 323,723 visitantes.

%d blogueiros gostam disto: