Em greve, agentes da PF emitem apenas passaportes de emergência

08/08/2012 at 14:27 1 comentário

Apenas casos de saúde e viagens a trabalho passarão por análise dos grevistas. Documento de emergência custa o dobro do normal

Desde o início da manhã desta quarta-feira (8), por causa da greve dos agentes , a Polícia Federal não está emitindo novos passaportes. Somente casos de urgência e emergência, como questões de saúde ou viagens a trabalho, estão sendo atendidas.

Somente nesta quarta-feira, 500 passaportes deixaram de ser emitidos. Na terça-feira (7), quando houve atendimento apenas pela manhã, somente 80 documentos foram confeccionados. A retirada de passaportes que já estavam prontos, segundo o sindicato, não foi afetada pela greve.

Agora, é a PF

Policiais federais de todo o país iniciaram ontem uma paralisação por tempo indeterminado. Entenda os motivos da greve e como ela afeta a população:

Quem está em greve

Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal (PF), responsáveis por emissão de passaportes, controle de fronteiras e prisões, investigações e escutas telefônicas.

O que eles querem

Reconhecimento das carreiras como sendo de nível superior, o que aumentaria os salários.

Remuneração básica de R$ 13 mil em cinco anos: hoje, é de R$ 7 mil.

Reconhecimento das atividades: a regulamentação não prevê participação em investigações ou operações policiais, dizem os servidores.

Aumento do efetivo, especialmente de agentes e escrivães.

Saída do diretor-geral da PF, Leandro Daiello. O sindicato pede um diretor de fora da polícia, argumentando que o atual privilegia os delegados.

Impacto na emissão de passaportes

Só serão emitidos em casos de urgência, situações que envolvam problemas de saúde e viagens a trabalho já marcadas.

Quem já pagou as taxas e não foi atendido terá de remarcar a data para fazer o passaporte.

Os passaportes já prontos serão entregues.

Remarcação

Quem já tiver agendado a emissão do passaporte e não quiser enfrentar filas, pode fazer o reagendamento pelo site da PF (www.dpf.gov.br)

Impacto em outras áreas

Em estados como São Paulo, Pará, Minas Gerais e Espírito Santo, além do Distrito Federal, os agentes entregaram suas armas, o que pode prejudicar operações policiais e prisões.

Em alguns estados haverá operação-padrão, ou seja, os policiais irão fazer checagens mais demoradas de passaportes e bagagens, o que pode aumentar as filas. Foi o que ocorreu ontem, em Foz do Iguaçu, na aduana e no Aeroporto das Cataratas. Em São Paulo, está previsto para ocorrer hoje.

Fonte: Folhapress e Redação

Os grevistas estão reunidos em frente à superintendência, que fica no bairro Santa Cândida, em Curitiba, mas não permitem a entrada de nenhuma pessoa. Durante toda a manhã, os agentes conversaram com quem comparecia à superintendência com o horário agendado. “Nós só estamos emitindo o documento em questões de emergência. Outros casos são dispensados”, conta Alberto Domingues Jancke, vice-presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Estado do Paraná (SINPEF-PR).

A instrução do comando de greve é de que as pessoas procurem a superintendência e apresentem a documentação de viagem para obter o documento especial. Para casos de doença, é necessário apresentar os laudos médicos que comprovem a necessidade e, para casos de trabalho, mostrar os bilhetes de passagem. Para saber mais informações, o telefone para contato é (41) 3251-7500.

Na fronteira, em Foz do Iguaçu, e no aeroporto, a operação continua padrão. O trabalho causa lentidão nesses pontos, porque a polícia federal está fazendo a vistoria completa.

Entre as principais reivindicações dos agentes estão: reestruturação do plano de cargos e carreiras, ampliação de efetivo policial e maior valorização da categoria. Sobre o aspecto salarial, os agentes exigem o piso de R$ 12 mil para os empregados com nível superior completo, já que atualmente as categorias de agentes, escrivães e papiloscopistas – mesmo que formados no ensino superior – partem da remuneração de R$ 7,7 mil.

Delegados federais também cruzam os braços

Os delegados federais também iniciaram nesta manhã uma paralisação para reivindicação de melhorias na condição de trabalho da categoria. Eles pedem que haja a reposição da inflação – de 30%, e a revisão dos salários, que estão defasados há seis anos. “Já fizemos uma reunião hoje cedo, mas precisamos esperar para ver o que o governo irá resolver”, explica Gastão Schefer Neto, diretor da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal do Paraná (ADPF-PR). O salário inicial de um delegado federal é de aproximadamente R$ 13 mil, segundo o diretor.

Investigações e movimentação de inquéritos estão paradas. De acordo com o presidente da associação, assim como os agentes, os delegados atenderão somente casos de urgência. “Estamos em greve, mas há situações em que não podemos parar, como prisão feita com porte de drogas”, diz. A adesão à greve foi total, com a exceção de Maringá.

fonte: gazeta do povo

Entry filed under: Geral. Tags: .

Agora é Fato: Aprovada reserva 50% das vagas em federais para cotas Eleonora: mulheres denunciam violência, mas Estado não acolhe

1 Comentário Add your own

  • 1. Gastão Schefer  |  16/08/2012 às 14:30

    Agradeço a divulgação do nosso movimento

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

PCdoB no Facebook

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Mais fotos

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 321,918 visitantes.

%d blogueiros gostam disto: