PCdoB reúne Comissão Política e discute prioridades eleitorais

18/05/2012 at 14:04 Deixe um comentário

No mesmo dia em que se inicia a 2ª Conferência Nacional de Mulheres do Partido Comunista do Brasil, em Brasília, a Comissão Política Nacional do partido realiza nesta sexta-feira (18) uma reunião de trabalho na qual atualiza a orientação política e planifica a campanha eleitoral, com destaque para o embate pelas prefeituras e câmaras municipais em outubro próximo.

A reunião conta com a presença de três pré-candidatos do PCdoB a prefeituras municipais: Inácio Arruda (Fortaleza), Manuela D´Ávila (Porto Alegre) e Ângela Albino (Florianópólis).

Ao realizar o balanço sobre a fase preliminar da batalha eleitoral de 2012, a Comissão Política do PCdoB decidiu priorizar estas três candidaturas majoritárias. Segundo o presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, “são candidaturas que se afirmam nas pesquisas de opinião pública, reúnem significativos apoios políticos e mobilizam amplas bases sociais, criando condições para ir ao segundo turno e disputar com possibilidades de vitória”.

Também Olinda, onde o PCdoB governa há três mandatos, assume feição de batalha prioritária e estratégica para os comunistas no pleito de 2012.

Alcançam importância também as batalhas majoritárias em Salvador (BA), Aracaju (SE), Macapá (AP), São Paulo (SP) e em cidades médias, destacadamente Juazeiro (BA), Crateús (CE), Contagem (MG), Campina Grande (PB), Abreu e Lima (PE), Foz do Iguaçu (PR), Nova Iguaçu (RJ), Caxias do Sul (RS), Jundiaí (SP), entre outras.

Crise do capitalismo e quadro político

O presidente nacional do PCdoB destacou a necessidade de, partindo do apoio político ao governo da presidente Dilma Rousseff e às medidas que tem tomado de enfrentamento aos banqueiros, impulsionar o governo a realizar a missão para a qual foi eleito, ir adiante e dar novos passos na realização de mudanças.

Os comunistas debatem a crise do capitalismo – “profunda e estrutural, uma crise que se desdobra, passa por seguidas fases agudas, e parece interminável”, assinala Rabelo.

O dirigente comunista ressaltou que “os conservadores e neoliberais não encontraram saídas para a crise”. Ele indica que poderosos círculos financeiros determinam a lógica atual do capitalismo. “Nunca o Estado capitalista foi tão rápido em abundância de recursos para proteger essa gente. Já se gastou em torno de 10 trilhões de dólares em resgate dos bancos. Mesmo assim, não encontram saídas e a crise só se aprofunda”, disse Rebelo.

Examinando os casos concretos da crise na Europa, o presidente do PCdoB adverte que um agravamento ainda maior da situação na Grécia e a eventual saída desse país da chamada zona do euro poderia ser pior para o sistema do que foi a quebra do banco Lehman Brothers, em 2008. “A incerteza aumenta e o desdobramento é imprevisível”, afirma.

A crise econômica passou ao plano político e a orientação neoliberal é abertamente questionada em embates eleitorais e nas ruas.

Na discussão da direção comunista, ressaltou-se que a crise do capitalismo já repercute nos países chamados emergentes, que começam a ser afetados. Há um arrefecimento do ritmo do crescimento econômico da China e o Brasil também é atingido.

No exame da situação política brasileira, diz Renato Rabelo, “é bom salientar que no segundo ano do seu mandato, a presidente Dilma vai consolidando sua autoridade perante a nação e sua base política e social, como demonstram as pesquisas de opinião pública que revelam crescente apoio da população à presidente”.


Na avaliação da direção comunista, Dilma está mais à vontade e confiante, imprimindo comando político e administrativo e organizando uma agenda política que dá a marca de seu governo.

Segundo Rabelo, Dilma iniciou uma trajetória nova que visa a reorientar a macroeconomia brasileira para superar os três grandes entraves ao desenvolvimento do país: as elevadas taxas de juros, o câmbio valorizado e o arrocho fiscal. Na esfera econômica, a presidente toma a ofensiva e denuncia o papel nefasto dos banqueiros.

Por outro lado, revelando uma tendência à conciliação e à moderação quanto aos conflitos sociais e políticos, Dilma tem procurado firmar um pacto tácito de não agressão com a oposição, na tentativa de neutralizá-la. Mantém a mesma linha com relação à mídia.

Por tudo isso, Rabelo considera que Dilma vai se tornando legítima candidata à reeleição em 2014, o que significa que o ciclo político aberto com a eleição de Lula em 2002 pode se estender bastante.

Quanto à oposição, na opinião de Rabelo, está se marginalizando, encontra-se isolada, sem forças e mostra-se totalmente perdida, a tal ponto que os seus principais pré-candidatos à presidência da República, José Serra e Aécio Neves, têm negado publicamente esse propósito.

“O maior ideólogo da oposição, FHC”, diz Renato Rabelo, “sem enxergar uma saída política para seus impasses, esbraveja abstrações, e alinhava argumentos teorizando sobre uma pós-economia, uma pós-política, onde não há mais razão da existência de partidos”. “FHC está atordoado, aturdido”.

A Comissão Política do PCdoB aprovará uma resolução política enfatizando a mobilização do povo e da nação em torno de uma agenda pelo desenvolvimento e a retomada da industrialização do país, o que requer a formação de uma ampla frente política e social. Além de uma série de medidas relacionadas com o crescimento econômico, os comunistas propõem continuar a luta pela redução da jornada de trabalho sem a diminuição dos salários, o fim do fator previdenciário e a continuidade da política de valorização do salário mínimo.

Da Redação do Vermelho, com informações da Presidência Nacional do PCdoB

Entry filed under: Geral. Tags: .

MP/PR pede o bloqueio de R$ 213,2 milhões de bens de deputados Delegacias desativadas ainda consomem recursos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Quem é:

O blog do PCdoB paranaense é um espaço para notícias, informações, artigos, fotos e documentos do Partido no Estado e outros textos de interesse coletivo. Seja Bem Vindo!

PCdoB no Facebook

Arquivo de Notícias

Categorias

Fotos do PCdoB-PR

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Conferência Estadual do PCdoB

Mais fotos

PCdoB no Twitter

Filie-se ao PCdoB

Vereador Nilton Bobato

Nilton Bobato

Vereador Paulo Porto

Paulo Porto

Estatísticas

  • 321,963 visitantes.

%d blogueiros gostam disto: